Desporto

Santa Clara consente primeira derrota em casa

Encarnados de Ponta Delgada perderam por 1-2 na receção ao Ac. Viseu. Rui Amorim quis gerir o plantel mas não teve efeitos muito positivos.

Santa Clara consente primeira derrota em casa


Rui Amorim introduziu seis alterações em relação ao onze que tinha eliminado o Rio Ave, no domingo, para a Taça de Portugal e o resultado foi um Santa Clara com um futebol algo inconsistente que redundou na primeira derrota caseira no campeonato.

O Académico de Viseu, arriscando pouco e defendendo muito, tirou o melhor proveito de alguma falta de entrosamento entre os setores dos encarnados de Ponta Delgada e alcançou o seu primeiro triunfo fora de casa no presente campeonato.

Os forasteiros marcaram cedo quando nada o fazia prever, por intermédio de Paná, e o Santa Clara empatou de seguida num lance onde Diogo Freire não fica isento de culpas.

O golo de Pineda motivou os locais mas o guardião viseense refez-se da falha e evitou a cambalhota no marcador com duas boas defesas a remates de Burke e Diogo Ribeiro. Saldanha também teve azar porque viu a bola embater no poste em cima da meia-hora.

Contra a corrente do jogo, e numa penalidade indiscutível que puniu falta de Felipe sobre Capela, Bura recolocou os continentais na frente, de nada valendo aos insulares as alterações operadas por Rui Amorim na tentativa de chegar novamente à igualdade. Os locais ainda reclamaram uma penalidade, aos 88 minutos, por falta sobre Clemente mas o árbitro nada assinalou.

Acácio Mates