Economia

Açores lutam pelo alargamento dos fundos oceânicos


Portugal e os Açores estão interessados nos recursos minerais existentes nos fundos oceânicos e o Instituto Hidrográfico está a efectuar o levantamento desses fundos para a estrutura de missão, que visa a extensão da plataforma continental.

Açores lutam pelo alargamento dos fundos oceânicos

O Instituto acaba de obter um mandato mais amplo, até 2010, ano em que terminarão os trabalhos planeados para permitir o alargamento dos fundos oceânicos, trabalhos executados, através da Nações Unidas.

Esses leitos oceânicos, de formação lenta, são muito ricos em minerais e a fonte hidrotermal Rainbow é um desses locais.

Existem empresas já com interesses bem definidos na exploração dos minérios existentes nos fundos oceânicos, mas Portugal e os Açores, em particular, ainda não os têm sob a sua jurisdição.

Há mais de dois anos que dois navios do Instituro Hidrográfico Português estão a efectuar o levantamento desses fundos e o conselho de Ministros acaba de prolongar o mandato da estrutura de missão para a extensão da plataforma continental até Dezembro de 2010, para que os trabalhos possam ser concluídos, seguindo-se, depois, a reivindicação desses recursos, junto da Organização das Nações Unidas.

Luís Branco / Carlos Tavares.