Economia

Lavradores indignados com reocupação de pastagens nas margens da lagoa das Furnas (Som)

Antigos lavradores, que foram obrigados a sair das pastagens nas margens da Lagoa das Furnas, estão, agora, revoltados com o facto das pastagens terem voltado a ser ocupadas.

Os terrenos estão a ser usados por uma única proprietária, Antonieta Câmara.

O governo indemnizou os antigos ocupantes para que saíssem das pastagens no âmbito dum plano de combate à eutrofização da lagoa.

O presidente da Associação Agrícola de São Miguel, Jorge Rita, já condenou a decisão do governo regional de permitir a reocupação dos terrenos.

O executivo, confrontado pela Antena 1 Açores, ainda não reagiu.

Antena 1 Açores