Economia

Turistas procuram aulas de surf em Sao Miguel (vídeo e fotos)


Turistas de diferentes nacionalidades procuram o surf como uma atividade para completar o seu pacote de férias nos Açores.
Ricardo Ribeiro é professor deste desporto no Clube Naval.

Turistas procuram aulas de surf em Sao Miguel (vídeo e fotos)




Uma , duas, três e até quatro pranchas de surf cobrem o teto do carro de Ricardo Ribeiro, conhecido no meio como Xolim. No interior da viatura, há vários fatos de neoprene, shops, (as cordinhas que amarram a prancha ao surfista), wax, (cera de pôr nas pranchas), e toalhas .

Xolim dedica a sua vida ao surf. Ê a sua afeição mas também o seu trabalho. Ensina este desporto a quem quer aprender. Ë professor de surf ao serviço do Clube Naval de Ponta Delgada.





Do surf,como pedagogia, salienta os valores educativos que proporciona, como o cuidar da natureza ou o respeito aos outros.

Há mais de dois anos começou a sua faceta como professor de surf nos Açores. Tinha oito alunos; agora conta com mais de trinta fixos. Nas aulas ensina tudo o referente a este desporto, desde o reconhecimento do mar aos materias das pranchas.

Entre os seus alunos há muitos miúdos açorianos que se já se tornaram adeptos a apanhar ondas.







Contudo, em certas ocasiões as aulas adquirem um carácter internacional.

"Muitos turistas apostam no surf como uma atividade a realizar nos Açores. Além de visitar as Furnas ou fazer uma visita de whale watching, completam a sua viagem com uma aula nas praias açorianas”. explica Ricardo Ribeiro.

" Possivelmente, os Açores nao serão um destino privilegiado de surf a nível internacional, como Hawai ou a Indonésia; no entanto, o surf pode ser uma mais uma mais-valia para o turismo no arquipélago”, conclui.

Alemães, espanhóis , ingleses e finlandeses já passaram pelas suas aulas. Normalmente é o primeiro contato que têm com as ondas.

Alguns continuam neste desporto que Xolim define como “viciante”.

O motivo principal é, de acordo com o instrutor, os momentos únicos de partilha entre o homem e o mar proporcionados pelo surf.

Texto, vídeo e fotos: Begonã Romero, Estagiária do Gabinete Multimédia da RTP/A