Graciosa Online

9 Ilhas 1 Geoparque



O arquipélago dos Açores apresenta uma rica e vasta geodiversidade e um importante património geológico, composto por locais de interesse científico, pedagógico e turístico, por todas estas razões e mais algumas, a GEOAÇORES, Associação Geoparque dos Açores entregou no passado mês de novembro um dossiê de candidatura do Geoparque Açores à Rede Europeia e Global de Geoparques.

A aprovação desta candidatura por parte da UNESCO será uma mais valia para o arquipélago e claro para a ilha Graciosa também. Pois o Geoparque Açores (segundo informações disponibilizadas no seu sítio da internet) deverá cumprir objetivos de:

O arquipélago dos Açores apresenta uma rica e vasta geodiversidade e um importante património geológico, composto por locais de interesse científico, pedagógico e turístico


GEOSSÍTIO: Porto Afonso e Redondo

Foto: Geoparque Açores

- conservação, pela preservação de geossítios de particular importância, explorando e desenvolvendo métodos de geoconservação, com o intuito de proteger o património geológico para as gerações futuras;

- educação, promovendo a educação em geociências, do público em geral e da comunidade estudantil, organizando actividades e providenciando apoio logístico na comunicação do conhecimento científico e dos conceitos ambientais. O Geoparque deverá, também, apoiar a investigação científica, estimulando o diálogo entre os geocientistas e as populações locais;

- desenvolvimento regional, estimulando a actividade económica e o desenvolvimento sustentável das populações da sua área de influência, potenciando o desenvolvimento socio-económico local através de uma imagem de excelência intrinsecamente relacionada com um reconhecido património geológico, que atrai um grande número de visitantes. Este facto tende a desenvolver actividades económicas ligadas ao artesanato e ao turismo de natureza (e.g. geoturismo), com produtos de qualidade reconhecida e certificada.

No arquipélago dos Açores estão identificados cerca de 120 locais de interesse geológico, e são 57 os que integram o Geoparque Açores. A ilha Graciosa conta com os seguintes geossítios: Caldeira e Furna do Enxofre; Caldeirinha de Pêro Botelho; Ponta da Barca e Ilhéu da Baleia; Ponta do Carapacho, Ponta da Restinga e Ilhéu de Baixo; Porto Afonso e Redondo; Baía da Vitória; Santa Cruz da Graciosa; Erupção do Pico Timão; Arribas da Serra Branca e Baía do Filipe; sendo os primeiros 5 mais relevantes que os restantes e, portanto, integrarão o Geoparque Açores.

Para mais informações sobre estes locais poderão consultar o sítio da internet do Geoparque Açores http://www.azoresgeopark.com/

Madalena Picanço