Sexta, 25 de Julho de 2014
Pesquisa na RTP Açores - Informação e Desporto

Notícias /
Local

Açores: Governo Regional lamenta "silêncio" do executivo português que impede redução das tarifas aéreas

Publicado: 2012-05-08 16:43:03 | Actualizado: 2012-05-08 16:43:15
Por: António Gil
Açores: Governo Regional lamenta silêncio do executivo português que impede redução das tarifas aéreas

O Governo dos Açores lamentou hoje o "silêncio" do executivo português sobre a alteração das obrigações de serviço público para baixar as tarifas aéreas nas ligações com o continente, reafirmando o seu "forte empenho" nesse processo.


"Não podemos deixar de lamentar o silêncio a que temos sido votados, dando por vezes a ideia de que não existe da parte da República qualquer interesse em alterar o atual modelo de obrigações de serviço público", afirmou Luísa Schanderl, secretária regional da Economia, numa intervenção em Vila do Porto, na ilha de Santa Maria.

Luísa Schanderl garantiu que o executivo regional "não desiste" da intenção de rever as obrigações de serviço público nas ligações aéreas com o continente, tendo em vista uma redução dos preços das tarifas.

"O Governo dos Açores tem trabalho feito e aguarda que o Governo da República, porque só o Governo da República é que pode fazer esta alteração, se disponibilize para estudar o que pretendemos e que garante, com o mesmo esforço financeiro, a redução das passagens aéreas para todos os açorianos", frisou.

A secretária regional da Economia, numa crítica aos partidos da oposição, criticou "o caminho da demagogia fácil, de quem tudo promete, de quem garante que tudo é possível, mas cuja única agenda conhecida é a de onerar fortemente o orçamento regional ou a transportadora aérea regional".

"Ao contrário do que agora muitos parecem querer fazer crer, o transporte aéreo de passageiros entre os Açores e o continente é uma responsabilidade exclusiva do Estado Português, do Governo de Portugal, que, apenas porque não quer ou porque tem alguém que não se importa de o fazer, não pode remeter para os açorianos os custos de um direito que lhes assiste", afirmou.

Luísa Schanderl falava na cerimónia de entrega dos primeiros certificados atribuídos pelo Centro de Formação Aeronáutica dos Açores a quatro pilotos que frequentaram a formação de voo base.

Para a secretária regional da Economia, a instalação deste centro em Santa Maria pretende "acrescentar valor à economia da ilha e afirmar, de novo, o nome de Santa Maria no mapa da aeronáutica civil".

O Centro de Formação Aeronáutica dos Açores, que já disponibiliza formação para pilotos de linha aérea por não necessitar de instalações físicas, está a ser instalado num edifício que terá salas de formação para uso de equipamentos de emergência e de proteção individual.

Este centro disporá de simuladores de portas, câmara de fogo real e fumo sintético e ainda um simulador de 'slides' de emergência, para treinar o combate a incêndios e a atuação em situações de emergência e salvamento.

Um simulador para a formação de pessoal de cabine, no que respeita ao serviço geral e operacional a bordo, será também montado neste edifício, situado nas imediações do Aeroporto de Santa Maria.

(FR/Lusa/Foto GaCS)

 
Graciosa Online | Luís Costa
Senhora de Guadalupe 2014
Graciosa Online | Luís Costa
Educar, a brincar
Graciosa Online | Luís Costa
Ante-estreia na televisão
Altos voos
Cláudia Cardoso
Altos voos
Um Harakiri Universitário
Eduardo Ferraz da Rosa
Um Harakiri Universitário
Oportunidade perdida?
Osvaldo Cabral
Oportunidade perdida?