Local

IPMA admite que a previsão do estado do mar falhou no Pico (Vídeo)

As ondas que deixaram um rasto de destruição no concelho da Madalena atingiram os 13 metros. Diamantino Henriques, do Instituto do Mar e da Atmosfera, afirmou que este tipo de situações pode ocorrer de forma inesperada.

A ondulação provocou estragos no porto da Madalena, com as ondas a atingirem os oito metros. Segundo Diamantino Henriques "o que estava previsto eram ondas até seis metros". 

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera admite que a previsão meteorológica relativa à agitação marítima não foi bem diagnosticada.

Telejornal, RTP-AÇORES