Local

Proposta do governo é inaceitável, dizem os médicos (Som)

Médicos dizem não à proposta do Secretário Regional da Saúde para o caso das horas extraordinárias. Falam em solução inaceitável.

Proposta do governo é inaceitável, dizem os médicos (Som)
O governo está a propor, dizem os clínicos, que cortem nos exames complementares de diagnóstico, nos medicamentos aplicados e até no número de doentes acompanhados na consulta externa.

Em troca o executivo avança com um prémio de produtividade. O braço de ferro continua.

Está em risco o normal funcionamento das urgências.

Os médicos não estão disponíveis para continuar a fazer horas extraordinárias.

Antena 1 Açores