Local

Residenciais desaparecem da classificação de estabelecimentos turísticos dos Açores

A designação residencial, vai deixar de constar dos estabelecimentos turísticos dos Açores. Esta é uma das consequências do novo regime jurídico dos empreendimentos turísticos, aprovado na passada semana, na Assembleia Regional.

Residenciais desaparecem da classificação de estabelecimentos turísticos dos Açores


A nova legislação continua, no entanto, a ser do desconhecimento de muitos operadores.

O Governo quer abolir a designação de Residencial do vocabulário turístico.

As unidades até agora classificadas como residenciais, vão passar a designar-se por hotéis, neste caso, de uma, duas ou três estrelas.

À partida, a medida parece agradar aos empresários.

O problema, é que a classificação dos empreendimentos turísticos vai depender da qualidade do serviços e das instalações.

E a verdade é que os empresários turísticos, não estão em condições de fazer investimentos.

O objetivo do Governo, com este novo diploma, é assegurar mais qualidade na prestação dos serviços de apoio ao turismo.

Um objetico também perseguido pelos operadores.

O novo diploma determina um prazo máximo de dois anos, para que as residenciais já existentes nos Açores, possam converter a sua classificação em hóteis.

A Direção regional de Turismo vai realizar auditorias em todas as unidades e atribuir novas classificações, consoante os serviços prestados.

Nalguns casos, os empresários poderão ter de realizar investimentos, mas até agora, muitos deles descomhecem a nova legislação.

(Antena1 Açores)