Local

Unidades de Saúde de ilha entram hoje em funções na região

Nove ilhas, nove Unidades de Saúde de ilha. É este o modelo que entra em funcionamento hoje nos Açores.

Unidades de Saúde de ilha entram hoje em funções na região

Um único conselho de administração em cada ilha passa a gerir os Centros de Saúde, com ou sem internamento.

Até agora só a Graciosa, Pico e S. Jorge tinham Unidades de Saúde de Ilha.

Com esta nova estrutura há também mudanças nos centros de saúde.

Os Centros de Saúde deixam de ter conselhos de administração, passam a ter um diretor clínico e outro de enfermagem.

Em S. Miguel a diretora clínica de Vila Franca do Campo, a médica Maria João Carreiro, acumula funções com as de presidente do Conselho de Administração da Unidade de Saúde de Ilha, cargo para o qual chegou a ser apontado o médico Paulo Margato.

Paulo Margato assume a direção clínica do Centro de Saúde de Ponta Delgada.

Alberto Neves passa a ter a responsabilidade clinica do Centro de Saúde do Nordeste.

Filipe Ventura na Ribeira Grande e a médica Isabel Gil na Povoação.

A Unidade de Saúde de ilha da Terceira é a única que não é presidida por um médico: é o engenheiro Luís Dutra quem assume a presidência do conselho de administração.

O Centro de Saúde de Angra tem como diretora clínica a médica Paula Picanço e na Praia da Vitória Ana Ribeiro.

Nas Flores a médica Emiliana Dias acumula a direção clínica e a presidência da Unidade de Ilha.

No Faial, a direcção da Unidade de Saúde é também exercida em acumulação, com o médico Nelson Gonçalves, assim como no Corvo, com o médico João Cardigos.

Em Santa Maria o médico Carlos Pinto assume a presidência da Unidade de Saúde e também a direção clínica do Centro de Saúde de Vila do Porto.

Antena1 Açores