Sociedade

Bolsas de pós-doutoramento lançadas pelo Governo Regional não agradam aos investigadores (Som)

O Governo Regional abriu concurso para doze bolsas de pós-doutoramento.

O executivo projeta gastar oitocentos mil euros em três anos.

Cada bolsiero vai receber mensalmente 1700 euros.

Este número de bolsas é considerado pela comunidade científica como insuficiente para assegurar a progressão na carreira de todos os doutorados da Região, explicou à Antena 1 Cláudia Oliveira, investigadora do Departamento de Oceanografia e Pescas.

Os investigadores lamentam a precariedade do regime de bolsas, quando está praticamente pronta a legislação nacional para um regime de contratos com os doutorados do país.

Antena 1 Açores