Sociedade

Taxa sobre sacos plásticos longe do consenso nos Açores (Som)

A Associação de Consumidores dos Açores não vê com bons olhos a nova taxa sobre os sacos plásticos, aprovada pelo parlamento regional.

Mário Reis, da ACRA, diz que os deputados aprovam medidas que em nada lhes afeta a vida.

Por seu turno, os ambientalistas dos Açores dizem que não se pode salvaguardar o ambiente à custa do esforço financeiro das pessoas.

Também a Câmara de Comércio dos Açores esteve reunida esta manhã para apreciar a nova eco-taxa (cinco cêntimos por cada saco plástico), mas só se vai pronunciar mais tarde.

A eco-taxa, aprovada pelo parlamento regional, deverá render seis milhões de euros, nas contas do deputado Félix Rodrigues, do CDS, e começará a ser aplicada nas grandes superfícies dentre de ano e meio e no comércio em geral daqui a dois anos.

Antena 1 Açores