Ouvir
Mezza-Voce
Em Direto
Mezza-Voce André Cunha Leal / Produção: Susana Valente

Argumentos de Óperas, Obra


Maomé II

Ópera em dois atos

LibretoCesare della Valle a partir da tragédia de sua autoria, Anna Erisso

EsrtreiaTeatro de São Carlos de Nápoles no dia 3 de Dezembro de 1820

ResumoNo primeiro acto assiste-se ao cerco de Negroponte na Grécia. As tropas de Maomé II ameaçam destruir a cidade caso os seus habitantes não lhes abram as portas. É perante essa ameaça que se ouve um jovem de nome Calbo incentivar o governador da colónia veneziana, Paolo Erisso, a resistir à invasão turca. Calbo é um dos homens favoritos do governador e, por isso, confia-lhe a mão da sua filha, Anna Erisso. Com isso Paolo julga ter assegurada a segurança de Anna. Contudo, Anna ama outro jovem, Uberto di Metilene. O drama pessoal de Anna Erisso mistura-se com o drama dos cidadãos de Negroponte. Eis que se ouve o ribombar dos canhões turcos. Este é o anuncio da entrada dos muçulmanos em Negroponte. Calbo e Paolo Erisso são feitos prisioneiros e Maomé, que ama Anna, acaba por propor a salvação de Paolo caso este lhe ofereça a sua filha em casamento. Paolo recusa sacrificar a sua filha e Maomé condena-o à morte. É nesse momento que Anna se apercebe que Uberto di Metilene não era mais do que um disfarce de Maomé. Ela decide falar directamente com Maomé apelando a salvação do seu pai e de Calbo, fazendo passar este ultimo por seu irmão. Anna aceita a condição de se ter de casar com Maomé e é rejeitada pelo pai.
No final do Primeiro Acto, Anna Erisso acaba de se oferecer a Momé II para assim tentar a salvação de seu pai e do jovem soldado venezinao Calbo. A colónia Veneziana de Negroponte acabara de caír nas mãos dos muçulmanos e o seu governador, Paolo Erisso, pai de Anna, fora feito prisioneiro de Maomé. Contudo Paolo não aceita a iniciativa de Anna.
Anna começa o segundo acto na tenda de Maomé que a incita a entregar-se ao amor. Anna reconhecera logo no primeiro encontro que o jovem por quem se apaixonara uns anos antes não era mais do que Maomé disfarçado. No momento em que Anna sente não resistir mais, Maomé é interrompido com a noticia de que os seus homens estão a recuar perante o contra-ataque Veneziano. O lider muçulmano deve juntar-se aos seus, mas, antes disso, oferece a Anna um anel para que esta não se esqueça do amor que sentem um pelo outro. Esse anel irá garantir o respeito de todos os muçulmanos.

Entretanto, Paolo Erisso e Calbo estão escondidos nas catacumbas debaixo do templo. Eis que chega Anna. Ela vem entregar o anel do muçulmano ao seu pai, garantindo assim a sua salvação. Antes de partirem, Anna pede ao seu pai que a una em matrimonio a Calbo. A cerimonia dá-se junto da sepultura da mãe de Anna.

A sós, Anna é cercada pelas tropas muçulmanas. Estes anseiam por se vingarem pela humilhação sofrida durante a batalha com os Venezianos. Quando Maomé tenta interceder a favor de Anna acaba por descobrir que ela o havia traído. Ao contrário do que lhe havia dito, Anna não era irmã de Calbo, mas sim sua mulher. Cego, é o próprio maomé que acaba por apunhalar Anna.