Ouvir
Boulevard
Em Direto
Boulevard André Pinto

Argumentos de Óperas, Obra


Mozart e Salieri

9ª ópera (54 anos)

Libreto: Pushkin baseado numa Fábula da Primavera de Alexander Nikolayevitch Ostrovsky

Estreia: Moscovo, Teatro Solodovnikov, 25 de Novembro de 1898


Personagens
Mozart
Salieri

Antecedentes"Mozart e Salieri" baseia-se num texto de Pushkin datado de 1830 onde o Poeta defende a teoria fantasiosa de que, motivado pelo ciúme, Salieri envenenara o jovem Mozart. Rimsky-Korsakov pegou neste texto durante o Verão de 1897, a ele se restringindo sem nada acrescentar, preocupado apenas em conseguir retractá-lo com o maior realismo.
A estreia teve lugar no Teatro Solodovnikov em Moscovo no dia 25 de Novembro de 1898.

SinopseNa 1ª cena Salieri, sozinho, recorda a sua juventude de luta pela sobrevivência como compositor, e do sucesso e reconhecimento público que acabara por encontrar. Existe, no entanto, um artista de génio que se interpõe no seu caminho: Wolfgang Amadeus Mozart. Com o mencionar do seu nome o compositor aparece na companhia dum violinista cego que encontrara na rua a tocar uma melodia de "Don Giovanni". Salieri fica tudo menos divertido com a visita, mas Mozart em nada repara sentando-se ao piano e tocando um trecho da sua última obra. Salieri tem de admitir a genialidade daquilo que escuta. Enquanto Mozart sai para dizer à mulher que irá jantar com Salieri, este planeia o fim do seu rival.
Durante a refeição fala-se do Requiem que Mozart está a compor, bem como da figura fantasmagórica dum homem todo vestido de negro que lhe encomendara a obra. Mozart bebe distraidamente o vinho que Salieri envenenara, e vai até ao piano para tocar um trecho do seu Requiem. Depois queixa-se de não estar a sentir-se muito bem, e sai deixando Salieri entregue a reflexões sobre a morte terrível que o espera.

RDP - Transmissões em "Noite de Ópera" desde 1996
2001 - 12 de Abril
Enredo resumido da autoria de Margarida Lisboa.