Ouvir
Música Contemporânea
Em Direto
Música Contemporânea Pedro Coelho

Argumentos de Óperas, Obra


MacBeth

10ª ópera (33 anos)

Libreto Italiano: Francesco Maria Piave e Maffei sobre a tragédia de Shakespeare

Libreto Francês: revisão de Piave e tradução de Nuitter e Beaumont

Estreia da versão italiana: (Florença) Teatro Pergola, 14 de Março de 1847

Estreia da versão francesa: (Paris) Ópera Lírica, 21 de Abril de 1865


PersonagensMacBeth
Banco
Lady MacBeth
Aia de Lady MacBeth
Macduff
Malcolm, filho de Duncan
Médico
Criado de MacBeth
Sicario
Araldo
Aparição
Hécata, deusa da Noite


AntecedentesDurante o ano de 1846 Verdi foi convidado por Lanari, um empresário de Florença, para escrever uma ópera que seria levada a cena no Teatro Pérgola durante o Carnaval do ano seguinte. Como muitas vezes acontecia, a escolha do libreto foi condicionada pelo cantor que a deveria interpretar. Assim, entre obras de Grillparzer, Schiller e Shakespeare, ao ser indicado o nome de Varesi, a escolha acabou por recair em MacBeth. Essa iria ser a primeira ópera de Verdi baseada num texto de Shakespeare.
Quando começou a trabalhar nesta sua nova ópera, Verdi compreendeu de imediato que toda a tensão da Tragédia se centrava, não entre diversas personagens em luta pelo Poder, mas sim entre os dois Protagonistas, Lord e Lady MacBeth. É a tensão existente entre ambos que está na origem da Tragédia: a tensão entre a Ambição Medrosa, latente na figura masculina, e a Ambição Cega, de certa forma camuflada, que guia o comportamento da figura feminina. Foi essa tensão que Verdi tentou transmitir ao transpor para música a obra de Shakespeare, sobre um libreto de Francesco Maria Piave.
A estreia teve lugar no Teatro Pérgola, em Florença, como previsto, durante o Carnaval de 1847.

1.º ActoA acção desenrola-se na Escócia durante o Reinado de Duncan.
Ao regressarem duma batalha vitoriosa contra grupos rebeldes, MacBeth e Banco encontram numa clareira da floresta um grupo de Feiticeiras que os saúdam - uma saudação que, pelo seu carácter premonitório, os deixa inquietos e apreensivos. MacBeth é saudado como "Senhor de Clamis e de Caudore" e como "Rei dos Escoceses". Quanto a Banco é saudado como "a semente duma longa Linhagem de Reis".
Passados instantes, cumpre-se uma das Profecias: um mensageiro chega com a notícia da morte do Senhor de Caudore, de cujo título MacBeth é o herdeiro.
No seu Castelo, Lady MacBeth lê uma carta do marido em que ele fala no encontro que teve com as Feiticeiras e na estranha forma como elas se lhe dirigiram. Lady MacBeth alegra-se com a mensagem implícita na saudação, mas revolta-se contra o medo e a tibieza que a reacção de MacBeth evidencia.
Lord MacBeth chega ao Castelo na companhia de Duncan dizendo que o Rei irá passar ali essa noite. Lady MacBeth vê nisso um sinal e acha ter chegado o momento de ajudar o Destino fazendo cumprir a última das predições das Feiticeiras. É assim que acaba por convencer MacBeth a matar o Monarca - o que ele faz nessa mesma noite.
Consumado o acto, MacBeth é perseguido pelos remorsos e o medo, sentimentos que, acredita, irão passar a ser uma constante de todos os seus dias futuros.
Na manhã seguinte, ao irem acordar o Monarca, Macduff e Banco descobrem que ele foi assassinado. O crime é atribuído ao próprio filho do Rei e seu herdeiro, Malcolm, que, ao fugir, não faz senão aumentar as suspeitas que recaem sobre ele.

2.º ActoO 2º acto inicia-se no Castelo dos MacBeth onde Lady MacBeth manifesta a sua estranheza pelos constantes temores do marido. Ele agora é Rei dos Escoceses, as Profecias cumpriram-se, que perigos podem ainda ameaçá-lo? E MacBeth fala da outra Profecia que ainda não se cumpriu, aquela que anuncia Banco como semente duma longa Linhagem de Reis.
Mas Lady MacBeth diz que esse perigo pode ser afastado: basta mandar assassinar Banco - conselho que MacBeth aceita e que faz cumprir.
Banco é assassinado num recanto distante dos Jardins do Castelo e o seu filho foge.
Essa noite, durante um banquete, depois dos brindes aos novos Soberanos, um dos assassinos de Banco aparece a uma das portas. MacBeth levanta-se e vai falar com ele sendo informado de que tudo se cumprira como ordenado. MacBeth regressa à mesa do banquete lamentando a inexplicável ausência de Banco. Só que, no lugar que lhe estava reservado, MacBeth vê o Espectro do companheiro de armas, com ele estabelecendo um diálogo incoerente que poderá revelar-se extremamente perigoso. Lady MacBeth tenta acalmá-lo, mas as suspeitas já surgiram e Macduff decide abandonar de imediato o Castelo e procurar refúgio do outro lado da fronteira.

3.º ActoA acção do 3º acto desenrola-se na Floresta, no antro das Feiticeiras, às quais aparece Hécata, a Deusa da Noite.
Instantes depois chega MacBeth, o novo Rei dos Escoceses, que vem pedir que lhe leiam o Futuro. A resposta das Feiticeiras é breve, mas difícil de decifrar: elas dizem para não confiar em Macduff, acrescentando que "nenhum Homem nascido duma Mulher o poderá derrotar, desde que a Floresta de Birman não interfira entregando o Poder à Linhagem de Banco". Ao escutar esta última predição, MacBeth cai sem sentidos. Quando acorda tem ao seu lado a mulher que lhe pergunta o que foi que aconteceu que o deixou assim, naquele estado de terror. MacBeth repete o que lhe foi dito pelas Feiticeiras, mas Lady MacBeth não vê, nessas novas predições, nenhum motivo para ter medo, e aconselha-o a fazer a guerra, a atacar os inimigos antes que eles o ataquem, destruindo o Castelo de Macduff e mandando matar toda a família, bem como o filho de Banco, que anda fugido. Uma vez mais MacBeth decide seguir os conselhos da mulher.

4.º ActoToda a acção do 4º acto se desenrola quase exclusivamente na região da fronteira entre a Escócia e a Inglaterra, e é dominada pela grande batalha decisiva que irá terminar o curto reinado de MacBeth.
À Floresta de Birman, onde estão concentrados os refugiados escoceses fugidos do despotismo de MacBeth, chega o filho de Duncan vindo de Inglaterra à frente dum Exército, iniciando, de imediato, os preparativos para a batalha mandando cortar ramos dos arbustos para com eles camuflar os seus homens.
Longe dali, no seu Castelo, Lady MacBeth revela os sintomas dum sonambulismo preocupante que é, de facto, prenúncio da sua morte.
Perto da fronteira, no Castelo de Dunsiname, MacBeth recebe a notícia da morte da mulher com aparente indiferença, limitando-se a dizer "que a vida não faz sentido, que é apenas uma história confusa imaginada por um louco".
MacBeth prepara-se para a batalha eminente amaldiçoando os inimigos, até que é surpreendido por uma notícia que o deixa gelado, já que indicia o cumprimento de uma das Profecias das Feiticeiras: um dos seus homens vem dizer-lhe que a Floresta de Birman parece avançar na direcção do Castelo.
A ópera termina no campo de batalha onde MacBeth é ferido mortalmente por Macduff. Quando grita dizendo que, segundo as Profecias, nenhum Homem nascido duma Mulher o poderá derrubar, Macduff responde ter nascido de cesariana.
MacBeth morre e Malcolm é proclamado Rei.

RDP - Transmissões em "Noite de Ópera" desde 1996
1998 - 18 de Junho
2000 - 4 de Maio
Enredo resumido da autoria de Margarida Lisboa.