Ouvir
Madrugada
Em Direto
Madrugada

Concertos

Francisco Franco | 22 Setembro 19h00

Sala Luís de Freitas Branco, CCB

|

Francisco Franco | 22 Setembro 19h00 Francisco Franco | 22 Setembro 19h00

22 Setembro | 19 horas

Sala Luís de Freitas Branco, CCB


Quintas às Sete


Francisco Franco


Variações como tema


Programa

Alexandre Tansman
 (1897-1986) - Passacaille pour guitare (1953)

Benjamin Britten (1913-1976) - Nocturnal after John Dowland: Reflections on Come, heavy sleep, Op. 70 (1963)
I – Musingly
II – Very agitated
III – Restless
IV – Uneasy
V – March-like
VI – Dreaming
VII – Gently rocking
VIII – Passacaglia
IX – Slow and quiet

Manuel Maria Ponce
 (1882-1948) - Variations sur “Folìa de Espana” et Fugue (1930)
Tema
Variations I – XX
Fugue



"O nome do concerto chama-se Variações como tema e incluí três obras emblemáticas do repertório da guitarra. A coerência e interesse cultural do programa está no facto de todas as obras serem diferentes formas de variações: uma passacaglia (variações sobre um baixo); um tema e variações invertido (em que o tema está no fim); e por fim, a forma clássica de variações sobre um tema."



Entrevista a Francisco Franco no programa 
Império dos Sentidos

19 Setembro 9h00



Francisco Morais Franco
 nasceu na Covilhã, Portugal. Iniciou os seus estudos musicais aos 9 anos, com Dejan Ivanovic no Conservatório Regional de Música da Covilhã. Posteriormente estudou com Pedro Rufino, na Academia de Música e Dança do Fundão onde lhe foi atribuída uma bolsa de mérito. Em 2010 concluiu a Licenciatura em Música, no Instituto Superior Jean Piaget em Almada, na classe de Dejan Ivanovic, com nota máxima e com o prémio especial para melhor aluno do ano. Concluiu em 2014, com a mais elevada classificação, o Mestrado em Performance na Kunst Universität Graz - Áustria, com Paolo Pegoraro. Frequenta atualmente uma pós-graduação em interpretação guitarrística na Universidade Pablo de Olavide, em Sevilla, orientado pelos professores Pablo Márquez, Judicael Perroy, Lorenzo Micheli, Zoran Dukic, Paolo Pegoraro e Francisco Bernier. 
Tem mais de 30 prémios (17 deles prémios máximos) em concursos nacionais e internacionais, entre eles: I Festival Internacional de Guitarra de Amarante, London International Guitar Competition 2012, XII Guitar Art Festival (Belgrado), 23ª Edição do Prémio Jovens Músicos, David Russell Honorary Prize (Vigo). 
Atuou em diversas salas importantes em Portugal (Teatro Dona Maria II, Casa da Música, Teatro Municipal da Guarda, Teatro Municipal de Faro, Instituto Franco-Português, Palácio Nacional da Ajuda, entre outras) e também em Espanha, Itália, Polónia, República Checa, Reino Unido, Sérvia e Alemanha. Foi por diversas vezes transmitido para a televisão portuguesa (RTP1; RTP2; RTPI; SIC) assim como para estações de rádio em Portugal, Alemanha e República Checa. Em 2009 foi transmitido para a televisão e rádio, atuando como solista acompanhado pela Orquestra Gulbenkian sob direção da maestrina Joana Carneiro. 
Ao longo da sua formação frequentou cursos de aperfeiçoamento com Marco Sócias, Michalis Kontaxakis, Marcello Rivelli, Hubbert Kappel, Carlo Marchione, Ignacio Rodes, Roland Dyens, Judicael Perroy, Kevin Gallager, Laura Young, Graham Devine, Duo Melis, Marcin Dylla, Zoran Dukic, Paul Galbraith, Pepe Romero e David Russell, entre outros. 
Para além da sua intensa atividade como solista, desenvolveu vários projetos em música de câmara, com destaque para o duo “What a Duo – Duo” com o clarinetista sérvio Darko Horvatic, e o “Kroiser Ensemble Contemporary Music Project” com lugar residente no Festival Kiev Contemporary Music Days.