Ouvir
Grande Auditório
Em Direto
Grande Auditório Reinaldo Francisco / Produção: Susana Valente

Destaques

António Cartaxo - 40 Anos de Programas | Domingo 13h00 | Sexta-feira 17h00

Novo programa

|

António Cartaxo - 40 Anos de Programas | Domingo 13h00 | Sexta-feira 17h00 António Cartaxo - 40 Anos de Programas | Domingo 13h00 | Sexta-feira 17h00

A Antena 2 estreia uma nova série de programas intitulada "António Cartaxo - 40 Anos de Programas", que decorrerá entre Junho e Setembro.


António Cartaxo - 40 Anos de Programas

Domingos às 13h00 
Sextas-feiras às 17h00


A retrospectiva António Cartaxo 40 Anos de Programas de Rádio na Antena 2 abarca todos os géneros que o autor realizou desde 1976 - ensaios documentários, dramaturgias sobre temas da grande musica. Serão transmitidos até Outubro os programas de Antonio Cartaxo que conquistaram primeiros lugares em concurso internacionais em Barcelona, Budapeste e Praga.

Destaque para o Prémio Ondas de Radio Barcelona em 1982 com um docomentatrio sobre Igor Stravinsky no ano do centenário do nascimento do compositor russo, e para o programa Das Cinzas Nasceu o Belo, Prix Musical de Radio Brno.

A retrospectiva inclui algumas das melhores Sintonias realizadas por Antonio Cartaxo na Antena 2, com relevo para o compositor que o autor elege como seu músico de eleiçao - Gustav Mahler.



António Cartaxo nasce na Amadora em 1934, mas desde cedo, por via da carreira militar de seu pai, passa por Angola, Évora e Portalegre. Os estudos secundários faz em Lisboa, nos Liceus Passos Manuel e Camões, mas também no Colégio Moderno, onde aprende com Álvaro Salema, Mário Dionísio, Rui Folha e Morgado Rosa. Faz a licenciatura na Faculdade de Letras de Lisboa, ao mesmo tempo que trabalha, primeiro como arquivista do Metro de Lisboa, depois cumprindo o serviço militar na Biblioteca do Estado-Maior do Exército.
Quando a secção portuguesa da BBC reabre as emissões para Portugal, concorre e vai para Londres, como funcionário da rádio pública britânica, onde fica até 1976. Nesses anos, ia quase todos os dias a um concerto de música clássica (grande música, como escreve), construindo assim as bases para os seus programas em Portugal (as notas que foi tirando ao longo dos concertos serviram como matéria-prima futura).
Na secção portuguesa da BBC, sente particular gosto em dar notícias sobre a situação do Portugal ditatorial, expondo as censuras, proibições e prisões políticas, tentativas goradas de manifestações, notícia do assassinato de Humberto Delgado e sua origem política. No período de 1970-1974, trabalha com colegas como Manuela de Oliveira, Paulo David, Jorge Ribeiro, António Borga, José Júdice, Carlos Alves e Joaquim Letria, em que incluiu as reportagens que fez da campanha eleitoral de 1973 em Portugal. Neste ano, António Cartaxo recebe um Special Award (prémio especial) pelas realizações radiofónicas ao longo da sua permanência na BBC. Se tinha dificuldades em entrevistar políticos da oposição, por recomendação ou resposta negativa da linha hierárquica, era mais fácil entrevistar cantores da resistência na qualidade simples de artistas: José Afonso, José Mário Branco, Sérgio Godinho e padre José Fanhais.

Depois de Abril de 1974, António Cartaxo e Jorge Peixoto são acusados de apresentarem uma visão de esquerda e são alvo de sanções, que culminam em tribunal e despedimento da BBC; história que narra nos seus livros  BBC Versus Portugal. História de um Despedimento Político (com Jorge Ribeiro)(1977) e Quase Verdade como são Memórias (2009).

Ingressa na rádio pública portuguesa em 1976, onde vai trabalhar durante 40 anos,em especial na Antena 2, realizando programas como "Em Sintonia", "Histórias da música... e outras" e "De Olhos bem abertos", mas também na Antena 1 com "Grandes Músicas".
Ainda em 1976, António Cartaxo e o realizador Jorge Ribeiro fazem o programa Você gosta de Beethoven?, em que eram entrevistados operários da Sorefame sobre a música de Beethoven, e que será vencedor no concurso pró-música de Rádio Budapeste.
Em 1978, através do Instituto de Cultura Portuguesa, António Cartaxo vai para Varsóvia, na Polónia, onde é leitor de português na Universidade daquela cidade. A experiência letiva mantê-la-ia durante vinte anos na Universidade Clássica em Lisboa. 
Em 1987, António Cartaxo vence o Prémio Gazeta de Jornalismo na modalidade Rádio, com um programa sobre Fernando Lopes Graça. Em 2012, publica o livro Quase Verdade como São Memórias, ao qual é atribuido o Prémio António Alçada Baptista.  Este ano, António Cartaxo é distinguido com Prémio Carreira Igrejas Caeiro, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores.
António Cartaxo é ainda autor dos livros Palavras em Jogo (1990), Ao Sabor da Música (1996), O Meu Primeiro Mozart (com Rosa Mesquita, e ilustrações de Pedro Machado), e Efemérides Românticas (2010).


«António Cartaxo é um dos maiores Autores da História da Rádio em Portugal. Após muitos anos da sua vida passados em Londres, no Serviço Português da BBC, António regressa a Portugal depois do 25 de Abril para felizmente se fixar com a sua Arte de musicólogo-contador-de-histórias na Antena 2. É um imenso prazer para os sentidos fruir do clima interior e interiorizado dos seus Textos e da sua Voz, acompanhando o Ouvinte em mágicos percursos pelos tempos e pelos espaços da vida dos Músicos de todos os tempos. António Cartaxo procede sempre com uma mestria comunicacional única e exclusiva. É um grande trunfo do Serviço Público de Radiodifusão.
E parafraseando-o a ele mesmo, aos Domingos de manhã, às 11, na Antena 2, "Em Sintonia com António Cartaxo", sendo um romance sem fim… é um autêntico Sinal de excelência da Rádio Pública.» (José Nuno Martins, Provedor do Ouvinte da Rádio Pública, in "Em Nome do Ouvinte", 14-10-2006)


Para ouvir António Cartaxo à conversa com Luís Caetano na Antena2, clique aqui e aqui.



Sinopse dos Programas

5 Junho | 10 Junho 
Programa 1
Você gosta de Beethoven?
Documentário transmitido em 1977 por ocasião dos 150 da morte do compositor, vencedor do Concurso Pro Musica de Rádio Budapeste, e no qual são entrevistados alguns operários da fábrica metalúrgica Sorefame sobre a música de Beethoven.

12 Junho | 17 Junho
Programa 2
Tudo isto e Música também
A música do gosto de figuras públicas para quem a arte dos sons é complemento importante das suas vidas; entrevistas com Maria de Lurdes
Pintasilgo, Vasco da Gama Fernandes, o pintor Carlos Botelho, o arqueólogo Bandeira Ferreira e os professores Celestino da Costa e Juvenal Esteves; a música é da escolha dos convidados.
Para ouvir aqui.

19 Junho | 24 Junho
Programa 3
Sergei Rachmaninov
A boa música não tem tempo. A maravilhosa música de um compositor que prolonga o Romantismo pelas primeiras décadas do século XX.

26 Junho | 1 Julho
Programa 4
Béla Bartók e nós
Aproximando a música de Fernando Lopes-Graça da criação artística do compositor húngaro.

3 Julho | 8 Julho
Programa 5
Quadros com muitas exposições 
Ao longo do seculo XX a célebre obra de Mussorgski ‘Quadros de uma exposição’ foi submetida a inúmeros tratos, sempre bons tratos, nas mais diversas adaptações de admiradores do compositor russo. Quadros com muitas exposições, a ouvir hoje, é uma realização radiofónica construída a partir de arranjos de que os Quadros de Mussorgski foram objeto, num desfile inédito que constitui um todo homogéneo.

10 Julho | 15 Julho
Programa 6
Lisboa e o Tejo, cantados por poetas do nosso tempo.
da série de História de Música e outras.

17 Julho | 22 Julho
Programa 7
Versões e diversões 
– histórias singulares do roubo de um violino Amati em que o suspeito, Simão Bocabranca, ilude o inspetor que o interroga num bar situado na Praça das Betunias – o Bar Toque.
Versões e diversões, arranjos inesperados de música consagrada no original que se entrega à metamorfose.

24 Julho | 29 Julho
Programa 8
Igor Stravinsky, o homem e a obra
Prémio Ondas de Rádio Barcelona no ano do centenário do nascimento do compositor russo.

31 Julho | 5 Agosto
Programa 9
Nos 50 anos da entrada das Brigadas Internacionais na Guerra Civil de Espanha.
Um programa realizado em 1986.


7 Agosto | 12 Agosto
Programa 10
Nos 80 anos de Fernando Lopes-Graça – Prémio Gazeta de Jornalismo, modalidade Rádio.


14 Agosto | 19 Agosto
Programa 11
Momentos lúdicos da figura do maestro
da série 'Historia da regência de orquestra'

21 Agosto | 26 Agosto
Programa 12
Das Cinzas Renasceu o Belo 
Prix Musical da Rádio Brno

28 Agosto | 2 Setembro
Programa 13
Chopin - príncipe do piano, no bicentenário do nascimento do compositor polaco.

4 Setembro | 9 Setembro
Programa 14
(A) Alma de Mahler
Para ouvir aqui.

11 Setembro | 16 Setembro
Programa 15
Histórias de música nas salas dos tribunais
Para ouvir aqui.

18 Setembro | 23 Setembro
Programa 16
Os primeiros passos do compositor Fernando Lopes-Graça
Para ouvir aqui.

25 Setembro | 30 Setembro
Programa 17
Gustav Mahler – Vida e Obra
Para ouvir aqui.