Ouvir
Baile de Máscaras
Em Direto
Baile de Máscaras João Pedro

Destaques

Palavras de Bolso | 2ª a 6ª feira 8h55 | 11h55 | 15h55 | 18h55

Um novo programa, por Ana Isabel Gonçalves e Paula Pina

|

Palavras de Bolso | 2ª a 6ª feira 8h55 | 11h55 | 15h55 | 18h55 Palavras de Bolso | 2ª a 6ª feira 8h55 | 11h55 | 15h55 | 18h55

A Antena 2 apresenta um novo programa Palavras de Bolso; são curtas rubricas de cinco mínutos, que passam em antena, quatro vezes por dia, todos os dias úteis. 


Palavras de Bolso 

Um programa de Ana Isabel Gonçalves e Paula Pina
no âmbito do PROL - Programa de Literacia Emergente

De 2ª a 6ª feira
8h55 | 11h55 | 15h55 | 18h55 


Divertido.
Eclético. 
Surpreendente.
Interactivo.
   Inclusivo.
Curto, claro e conciso?
Não, curto e, claro, sem siso!    


Palavras de Bolso é um programa diário que tem como objectivo promover e divulgar prefencialmente a língua e a cultura portuguesas e lusófonas, de um modo simultaneamente divertido, prazeroso e educativo, mostrando como a literatura pode ser dita, lida, cantada, musicada, ouvida, partilhada. 
Com recurso ao humor e ironia, aos efeitos surpresa e a dinâmicas vocais expressivas e cuidadas, Ana Isabel Gonçalves e Paula Pina criam ligações inusitadas entre diferentes géneros literários e não literários, oferecendo uma abordagem estética única.    


Através da repetição e da adaptação de experiências literárias e interpretativas desenvolvidas pelas autoras, ou da invenção e da descoberta de outras, brinca-se com as palavras, cria-se e interpreta-se livremente diferentes textos: poemas, contos, rimas tradicionais, jogos linguísticos, curiosidades históricas.
Ou então, agarrando em obras de autores consagrados, de novos autores ou autores esquecidos e textos originais, de diversas épocas e estilos, criam-se e conjugam-se com ambientes sonoros, recorrendo a vozes, ao corpo e a instrumentos musicais, a brinquedos e a objetos do quotidiano, a excertos musicais e ao apoio incondicional do técnico de som.


Intencionalmente eclético e de curta duração, o repertório de Palavras de Bolso destina-se e interessa 
- a bebés pela componente fonológica, rítmica e musical;
- a crianças e jovens pela magia das narrativas e pelos jogos de palavras, pelo nonsense, pelas brincadeiras com textos que alguns já reconhecem;
- a adultos pelo humor, pela ironia e pela abordagem pouco convencional com textos que conhecem de outros registos mais formais. 
- a educadores e professores pela possibilidade de recorrerem a algumas das rubricas para utilização em contexto escolar e na sua sala de aula.


Texto inspirado em rimas da tradição oral portuguesa:

Pim, pam, pum

cada bala mata um.

Em cima do piano

está um copo com veneno

quem bebeu…

faleceu, feneceu, desapareceu, extinguiu-se, eclipsou-se, desmaterializou-se, finou, quinou, pereceu, foi-se desta para melhor, deu o berro, acabaram-se-lhe os trabalhos, saiu com os pés para frente, teve as contas feitas, foi fazer tijolo, foi para a terra dos pés juntos, pôs as tripas ao sol, deu o triste pio, foi para o maneta, foi para o galheiro, arrefeceu-se-lhe o céu da boca, esticou o pernil, foi comer alfaces pela raiz, foi dar de comer às minhocas, bateu a asa, bateu a bota!

Sola sapato rei rainha

Foi ao mar pescar sardinha

Levou bota ou sapato

Sapatilha ou chanato.





Programas transmitidos

1. Poesia de Álvaro Magalhães e algumas coisas que encontramos no nosso discurso diário. Coisa de pouca importância!

2. Recorda-se o pregão da vendedeira de figos e, sílaba a sílaba, enumeram-se outros frutos.

3. Texto das autoras inspirado na palavra viçoso, encontrada no bolso de João Almeida.

4. O "Abecedário sem juizo", de Luísa Ducla Soares, acompanhado de melodia com guizo.

Para ouvir os programas, clicar aqui.



Ana Isabel Gonçalves e Paula Pina trabalham juntas desde 2012, em atividades diversas, sobretudo de criação artística, narração oral e formação, no projecto SóHistórias - Literacia e Mediação Cultural. São responsáveis pela conceção e supervisão do PROL - Programa de Literacia Emergente, resultante da colaboração com a livraria Cabeçudos - Cabeças com Ideias


Ana Isabel Gonçalves nasceu em Lisboa, onde ainda hoje vive. Na adolescência estudou música e piano. Formou-se em 1993, como Educadora de Infância e em 2000 terminou o Curso de Estudos Superiores Especializados em Expressões Artísticas Integradas em Educação. No Centro de Arte Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian fez os cursos de Expressão Poética e Narrativa (com António Torrado) e de Expressão Corporal e Dramática (com João Mota). Trabalhou como educadora de infância, como monitora de tempos livres e tem colaborado com associações e entidades privadas na planificação e dinamização de diversas atividades, nomeadamente para a infância e juventude. Em 2001 iniciou-se como contadora de histórias no grupo de teatro de marionetas Crianças e Caminhos. Desde então tem procurado aplicar harmoniosamente as várias capacidades adquiridas ao longo do seu percurso formativo e profissional. Atualmente é professora de Ensino Profissional, das disciplinas que integram as expressões corporal, dramática e musical, e conclui o Mestrado em Arte e Educação. Desenvolve atividades de narração oral no projeto Pinto Pançudo - Animação de Histórias. 



Paula Pina nasceu em 1970, em Lisboa. Doutorada em Estudos de Cultura, mestre em Estudos Anglísticos e licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian e, posteriormente, as bolsas de investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia e da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, assim como um prémio de mérito (American Club of Lisbon Award for Outstanding Academic Merit), permitiram-lhe aprofundar conhecimentos em universidades nos Estados Unidos. Paralelamente estudou Piano, Canto, Composição e Direção Coral. Foi professora no Conservatório Metropolitano de Música de Lisboa, onde lecionou as disciplinas de Coro Infantil, Coro Juvenil e Coro Aberto, e ainda Repertório Musical para Crianças no Curso de Formação Musical nos Hospitais (Associação Música nos Hospitais e Instituições de Solidariedade). Foi professora adjunta no Instituto Piaget, coordenadora da Pós-Graduação em Literatura Infanto-Juvenil, membro da equipa do Cancioneiro Infanto-Juvenil para a Língua Portuguesa, coordenadora do CLIIP (Centro de Literatura para a Infância – Instituto Piaget) e co-editora do projeto de divulgação cultural para a infância, Cria Cria. Colabora com a Universidade Isabel I (Espanha) no âmbito da criação de conteúdos para plataforma digital de ensino a distância, com a Universidade de Valência, como especialista em projecto sobre interculturalidade e com a Vindas - Educação Internacional. Assume a direção do Serviço Educativo do MPMP – Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.