Ouvir
Notas Finais
Em Direto
Notas Finais António Pires Veloso

Letras de Canções


Smutna rzeka / Triste rio

Letra Original:


Smutna rzeka (Stefan Witwicki)

Rzeko z cudzoziemców strony,
Czemu nurt twój tak zmacony?
Czy sie gdzie zapadly brzegi,
Czy stopnialy stare, stare sniegi?
Leza w górach stare sniegi,
Kwiatem kwitna moje brzegi,
Ale tam, przy zródie moim,
Placze matka nad mym zdrojem.

Sledem córek piastowala,
Sledem córek zakopala,
Sledem córek srod ogrodu,
Glowami przeciwko wschodu.
Teraz sie z duchami wita,
O wygody dzlatki pyta
I mogily ich polewa,
I zalosne piesni spiewa.

Tradução para Português:


Triste rio (Stefan Witwicki)

Rio de regiões estrangeiras,
Por que estão as tuas águas tão turvadas?
Porque algures a tua margem se abateu
Ou a velha neve fundiu?
"Sobre as montanhas repousa a neve,
Nas minhas margens florescem as flores.
Mas na minha origem chora uma mãe
Correm as lágrimas na minha nascente.

Sete filhas ela criou,
Sete filhas ela enterrou,
Sete filhas no jardim colocou,
As suas cabeças em direcção ao sol levante.
Agora ela escuta os seus espíritos,
Inquieta-se sobre o seu bem estar.
E as embala
Com as suas tristes canções.