Ouvir
Sol Maior
Em Direto
Sol Maior Pedro Rafael Costa

Programas de Concurso

2015 - 29ª edição PJM

|

2015 - 29ª edição PJM 2015 - 29ª edição PJM

PROGRAMAS DE CONCURSO


A organização do PJM reserva-se o direito de fazer alterações nos programas aqui divulgados até à data de divulgação do regulamento oficial do concurso.

As provas pré-eliminatórias deverão ser enviadas apenas em formato áudio. As gravações deverão ser identificadas de acordo com as regras que serão oportunamente anunciadas com a divulgação do regulamento geral do concurso.

As provas eliminatórias decorrerão no Porto, Casa da Música, entre 18 e 24 de Julho de 2015.

As provas finais decorrerão em Lisboa, na Escola Superior de Música, entre 29 de Agosto e 3 de Setembro de 2015.


CATEGORIA A - SOLISTAS

OBOÉ - NÍVEL MÉDIO (para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1994)

Os vencedores do 1º Prémio Nível Médio em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) Uma peça à escolha entre:
- G. F. HAENDEL: Sonata em Dó menor HWV 366 Op.1 nº8 (Nova Music)
- G. P. TELEMANN: Sonata em Lá menor TWV 41:a3 (Amadeus ou Breitkopf)

b) Uma peça à escolha entre:
- B. BRITTEN: 3 das "6 Metamorfoses segundo Ovidio" Op.49 (Boosey & Hawkes)
- C. NIELSEN: "2 Phantasy Pieces" Op.2 (Hansen)


Eliminatória:

a) Luís FILIPE NETO: Peça solo - Encomenda PJM (edição a anunciar no mês de Janeiro)

b) Um concerto barroco à escolha entre:
- A. MARCELLO: Concerto em Ré menor (Musica Rara)
- G. F. HAENDEL: Concerto em Sol menor HWV 287 (Boosey & Hawkes)

c) Uma obra do repertório romântico à escolha entre:
- R. SCHUMANN: Adagio e Allegro (Billaudot ou IMP)
- J. W. KALLIWODA: "Morceau de Salon" (Musica Rara)

d) Uma obra do séc. XX à escolha entre:
- Antal DORATI: Números 1 e 2 das "Cinq pieces pour l'Hautbois" (Boosey & Hawkes)
- Witold LUTOSLAWSKI: "Epitaph" (1979) (Chester)


Final:

a) Obra contemporânea à escolha entre:
- Elliot CARTER: "Inner Song"
- EXTON: 3 peças para oboé solo (Chester)
- S. AZEVEDO: "Bergerettes 1" para oboé solo

b) Um concerto (memorizado) à escolha entre:
- MOZART: Concerto em Dó maior (Barenreiter/Henle)
- HAYDN: Concerto em Dó maior (Breitkopf)
- LEBRUN: Concerto no.1 em Ré menor (Schott)
- KROMMER: Concerto em Fá maior Op. 52 (Musica Rara)
- BELLINI: Concerto em Mib maior (Ricordi)


TROMPETE - NÍVEL MÉDIO (para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1994)

Os vencedores do 1º Prémio Nível Médio em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) Dois estudos de dois livros diferentes a escolher entre os seguintes:
- David UBER: "Solo Études"
- Phil SNEDECOR: 20 estudos do "Lyrical Études"
- Theo CHARLIER: 36 "Estudos Transcendentes"

b) Uma peça à escolha entre:
- Santiago BÁEZ: uma das "Piezas Andaluzas" para trompete e piano
·I. Bulerías del Guadalquivir

·II. Medianoche Circular

·III. Alborada

·IV. Rondo de la Candela

- Vassily BRANDT: "Concertpiece nº1"
- Vassily BRANDT: "Concertpiece nº2"
- Thomas BEVERSDORF: "Sonata" para trompete e piano
- Thorval HANSEN: "Sonata" para trompete e piano, Op.18


Eliminatória:

a) Jorge PORTELA: Peça solo - Encomenda PJM (edição a anunciar no mês de Janeiro)

b) Uma obra à escolha entre:
- Eugéne BOZZA: "Rustiques" para trompete e piano
- Joseph TURRIN: "Caprice" para trompete e piano
- Henri TOMASI: "Tryptique" para trompete e piano
- Halsey STEVENS: "Sonata" para trompete e piano
- Kent KENNAN: "Sonata" para trompete e piano

c) Uma obra à escolha entre:
- Théo CHARLIER: "Solo de concours"
- Karl PILLS: "Sonata" para trompete e piano
- Paul HINDEMITH: "Sonata" para trompete e piano
- Flor PEETERS: "Sonata" para trompete e piano
- Alexander AROUTIOUNIAN: "Aria and Scherzo"


Final:

a) Uma obra para trompete solo composta a partir da segunda metade do séc. XX

b) Um concerto (memorizado) à escolha entre:
- Alexander AROUTIOUNIAN: "Concerto"
- Oskar BOHME: "Concerto em Fá menor, op.108"
- Joseph HAYDN: "Concerto em Mib maior"
- Johann Nepomuk HUMMEL: "Concerto em Mib maior, S.49"
- Ida GOTKOVSKY: "Concertino"



SAXOFONE
- NÍVEL SUPERIOR (para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1989)

Os vencedores do 1º Prémio Nível Superior em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) Uma obra à escolha entre:
- Pierre SANCAN: "Lamento et Rondo" (Ed. Durand)
- Claude PASCAL: "Sonatine" (Ed. Durand)
- Paul CRESTON: "Sonate" (Ed. Shawnee Press)
- Roger BOUTRY: "Divertimento" (Ed. Alphonse Leduc)

b) Um estudo à escolha constante no seguinte livro:
- Eugéne BOZZA: "Études Caprices" (Ed. Alphonse Leduc)


Eliminatória:

a) Daniel DAVIS: Peça solo - Encomenda PJM (edição a anunciar no mês de Janeiro)

b) Uma obra à escolha entre:
- Carlos Filipe CRUZ: "Krisis" (Ed. Scherzo)
- Lino GUERREIRO: "Ostinatus" (Ed. AVA)
- Sérgio AZEVEDO: "Quatro Peças Breves" (Ed. AVA)
- Tiago DERRIÇA: "Sonata" (Ed. AVA)
- Luís CARDOSO: "Insomnia"

c) Uma obra à escolha entre:
- Alfred DÉSENCLOS: "Prélude, Cadence et Finale" (Ed. Alphonse Leduc)
- Edison DENISOV: "Sonate" (Ed. Alphonse Leduc)
- William ALBRIGHT: "Sonata" (Ed. Peters)
- Takashi YOSHIMATSU: "Fuzzy Bird Sonata" (Ed. Billaudot)
- Jindrich FELD: "Sonata" p/ sax. alto (Ed. Leduc)
- Bruno MONTOVANI: "L'incandescence de la Bruine" p/ sax. soprano (Ed. Henri Lemoine)
- Marcel MIHALOVICI: "Chant Premier" p/ sax. tenor (Ed. Heugel)
- Leon STEIN: Sonata p/ sax. tenor (Southern Music Co.)
- Robert LEMAY: "Trou Noir" p/ sax. barítono (Opus102)
- Harald GENZMER: "Rhapsodie" - toda a obra p/ sax. barítono (Ries & Erler, Berlin)


Final:

a) Uma obra livre (a tocar em saxofone à escolha) para saxofone solo

b) Uma obra completa (memorizada) à escolha entre:
- Henry TOMASI: "Concerto" (Ed. Alphonse Leduc)
- Lars-Erik LARSSON: "Konsert" (Ed. Carl Gehrmans, Sweden)
- Heitor VILLA-LOBOS: "Fantasia" p/ sax. soprano ou tenor (Southern Music Publishing Company)
- Frank MARTIN: "Ballade pour saxophone et orchestra" (Ed. Universal)
- Alexander GLAZUNOV: "Concerto" (Ed. Alphonse Leduc)
- Jaques IBERT: "Concertino da Câmara" (Ed. Alphonse Leduc)
- Jacob ter VELDHUIS: "Tallahatchie Concerto" (Ed. Donemus/Muziek Centrum NL)



VIOLA D'ARCO - NÍVEL SUPERIOR (para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1989)

Os vencedores do 1º Prémio Nível Superior em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) 1º andamento (com cadenza) de um concerto à escolha entre:
- Franz Anton HOFFMEISTER
- Carl STAMITZ (em Ré maior)

b) Johann S. BACH - Dois andamentos à escolha entre:
- uma das Suites para violoncelo solo
- uma das Sonatas e Partitas para violino solo (transcrição para viola solo)


Eliminatória:

a) Hugo Vasco REIS: Peça solo - Encomenda PJM (edição a anunciar no mês de Janeiro)

b) Uma sonata completa com piano à escolha entre:
- Johannes BRAHMS: "Sonata Op.120 nº1
- Johannes BRAHMS: Sonata Op.120 nº2
- Paul HINDEMITH: Sonata Op.11 nº4
- Paul HINDEMITH: Sonata Op.25 nº4
- Paul HINDEMITH: Sonata 1939
- Dmitri CHOSTAKOVITCH: Sonata Op.147
- Henri VIEUXTEMPS: Sonata op.36
- Franz SCHUBERT: Sonata Arpeggione
- Rebecca CLARKE: Sonata

c) Uma peça à escolha entre:
- G. ENESCO: "Concertpiece"
- S. PROKOFIEV: "Romeu e Julieta" (transcrição Borisovsky) -
Introduction, Juliette Enfant, Danse des Chevaliers
- J. S. BACH / Z. KODALY: "Fantasia Chromatica"


Final:

a) Uma obra de escolha livre, escrita a partir da segunda metade do séc. XX (duração aprox. 10')

b) Um concerto memorizado à escolha entre:
- William WALTON
- Bela BARTOK
- Paul HINDEMITH: Kammermusik 5
- Paul HINDEMITH: Der Schwanendreher
- Krzysztof PENDERECKI
- Alfred SCHNITTKE



VIOLONCELO - NÍVEL SUPERIOR (para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1989)


Os vencedores do 1º Prémio Nível Superior em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) Johann S. BACH: Prelúdio + um andamento de uma das três últimas Suites para Violoncelo Solo

b) Luigi BOCCHERINI: uma Sonata (completa)


Eliminatória:

a) Luís LOPO: Peça solo - Encomenda PJM (edição a anunciar no mês de Janeiro)

b) Uma Sonata (completa) à escolha, entre:
- Ludwig van BEETHOVEN (exceptuando as duas primeiras sonatas)
- Johannes BRAHMS
- Franz SCHUBERT

c) Uma obra à escolha, entre:
- Anton DVORAK: Rondo, Op.94
- Claude DEBUSSY: Sonata em Ré menor
- Bohuslav MARTINU: Variações Rossini
- Igor STRAVINSKY: Suite Italiana
- Piotr I. TCHAIKOVSKY: Pezzo Capriccioso, Op.62


Final:

a) Uma obra (ou parte) da 2ª metade do séc. XX / séc. XXI (duração máxima de 10 minutos)

b) Um concerto (memorizado) à escolha entre:
- Joseph HAYDN: Concerto em Ré maior, Hob. VIId/3
- Joseph HAYDN: Concerto em Dó maior
- Robert SCHUMANN: Concerto em Lá menor, Op.129
- Anton DVORÁK: Concerto em Si menor, Op.104
- Dmitri CHOSTAKOVITCH: Concerto nº1 em Mi bemol maior, Op.107
- Dmitri CHOSTAKOVITCH: Concerto nº2, Op.126
- Fernando LOPES-GRAÇA: Concerto de Câmara
- Edward ELGAR: Concerto em Mi menor, Op.85
- Sergei PROKOFIEV: Sinfonia Concertante
- Dmitri KABALEVSKY: Concerto nº 2, Op.77
- Piotr I. THCAIKOVSSKY: Variações sobre um tema Rococo, Op.33



CANTO - NÍVEL SUPERIOR (para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1987)

Os vencedores do 1º Prémio Nível Superior em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) Um lied (*) à escolha
(*) O termo lied é entendido na sua acepção mais abrangente, podendo os candidatos interpretar canções em diferentes idiomas

b) Uma ária de ópera à escolha

Nota: as provas têm de ser cantadas em dois idiomas diferentes


Eliminatória:

a) Carlos GARCIA: Encomenda PJM (edição a anunciar no mês de Janeiro)

b) Um lied à escolha

c) Uma ária de oratória à escolha

d) Uma ária de ópera à escolha

Notas:
- As provas têm de ser cantadas em três idiomas diferentes
- A duração total das obras apresentadas em a) b) c) e d) é de um máximo de 25 minutos
- O repertório da Eliminatória não pode incluir obras que já tenham sido apresentadas na Pré-eliminatória


Final:

a) Dois lieder à escolha (pelo menos um dos sécs. XX/XXI)

b) Uma ária de oratória à escolha

c) Uma ária de ópera até ao séc. XIX

d) Uma ária de ópera dos sécs. XX/XXI

Notas:
- As provas têm de ser cantadas em quatro idiomas diferentes, incluindo o português.
- A duração total das obras apresentadas em a) b) c) e d) é de um máximo de 30 minutos.
- O repertório da Final não pode incluir obras que já tenham sido apresentadas nas fases anteriores do concurso.



CATEGORIA B - MÚSICA DE CÂMARA
Para agrupamentos até sextetos (inclusive)

Nível Superior (para concorrentes nascidos a partir de 1 de outubro de 1989)


Os vencedores do 1º Prémio Nível Superior em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.

Nível Médio (para concorrentes nascidos a partir de 01 de outubro de 1996)


Os vencedores do 1º Prémio Nível Médio em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concruso. Estes, no entanto, podem concorrer na Categoria B | Nível Superior.

Nota: não são aceites candidaturas baseadas na média etária dos elementos integrantes dos agrupamentos.


Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

Um andamento de duas ou três obras, de carácter e época diferentes. A duração total das obras apresentadas é de um mínimo de 10 minutos e um máximo de 25 minutos. O Júri pode invalidar os grupos que não cumpram o tempo estipulado.


Eliminatória:

a) (alínea obrigatória) Uma obra completa, de época à escolha

b) (alínea obrigatória) Parte de outra obra, de carácter e época diferentes

c) (alínea opcional) Mais uma obra ou parte, de carácter e época diferentes

A duração total das obras apresentadas é de um mínimo de 20 minutos e um máximo de 35 minutos. O Júri pode invalidar os grupos que não cumpram o tempo estipulado.


Final:

a) Uma obra ou parte, de autor português - duração aprox. de 10 minutos

b) Uma obra completa

c) (alínea opcional) Mais uma obra ou parte, de carácter e época diferentes

A duração total das obras apresentadas é de um mínimo de 25 minutos e um máximo de 45 minutos. O Júri pode invalidar os grupos que não cumpram o tempo estipulado.


Obs.:
• O repertório da Eliminatória não pode incluir obras (nem andamentos diferentes das mesmas obras) que já tenham sido apresentadas na Pré-eliminatória.
• O repertório da Final não pode incluir obras (nem andamentos diferentes das mesmas obras) que já tenham sido apresentadas nas fases anteriores do concurso.
· O repertório para as três provas deve proceder de obras originais.

· Todas as peças nas três fases da competição têm de ser interpretadas pela totalidade dos elementos do grupo.

• Todos os instrumentos do agrupamento devem ter idêntico grau de protagonismo (não são aceites, por exemplo, obras em que um dos instrumentos seja acompanhador).

Nota 1: O PJM criou uma base de dados com obras de autores portugueses dos séculos XX-XXI, disponível para consulta no site do PJM.

Nota 2: O PJM reserva o direito de limitar a admissão a formações de câmara cuja estrutura seja compatível com as possibilidades logísticas da organização do Prémio.



CATEGORIA C - MÚSICA BARROCA

Para agrupamentos até sextetos (inclusive) para concorrentes nascidos a partir de 1 de Outubro de 1986

Os vencedores desta categoria em edições anteriores, independentemente da data de nascimento, não serão admitidos a concurso.

Pela segunda vez desde a sua criação, o Prémio Jovens Músicos leva a concurso a categoria de Música Barroca. Pretende-se, assim, dinamizar e incentivar a prática historicamente informada e, simultaneamente, reconhecer a importância do ensino e aprendizagem da música deste período, dando oportunidade de participação às diferentes realidades dos estabelecimentos de ensino em Portugal. Neste contexto, nesta edição do concurso, a categoria C é aberta tanto a grupos formados por instrumentos antigos como a grupos formados por instrumentos modernos.

1) São aceites a concurso:
a) formações instrumentais e/ou vocais
b) dois a seis elementos

2) Repertório:
a) obras de aprox. 1600 a aprox. 1750
b) tocado em instrumentos antigos ou modernos (opcional)
c) Lá 440 ou 415, exatamente

3) A organização do concurso disponibiliza os seguintes instrumentos:
Provas Eliminatórias (Porto, Casa da Música)
- 1 Órgão positivo
- 1 Cravo construído por Michael Walker, 1989
Modelo: Franco Flamengo "petit ravalement"
Tessitura: Sol0-Mi5, com transpositor para La=415, 440Hz
Dois teclados com acoplador Francês
Três registos (8' 8' 4')
- Alaúde

Provas Finais (Lisboa, Escola Superior de Música)
- 1 Cravo Neupert
Modelo: Blanchet
com 2 manuais
com transpositor
afinação 415 / 440
- 1 Cravo Neupert
Modelo Antunes
com 1 manual
com transpositor
- 1 Órgão positivo Claude Armand

Nota: os candidatos podem utilizar instrumentos diferentes desde que assumam a responsabilidade de aluguer, transporte, afinação e seguros dos mesmos.

4) Não se aceitam transcrições. Porém, em casos excecionais, os candidatos podem submeter propostas à apreciação do júri. Esses pedidos deverão ser devidamente justificados e feitos no ato de inscrição (online, no sítio da Antena 2).

5) Cada grupo deve especificar para cada peça:
a) autor
b) título
c) data de composição
d) instrumentação
e) duração

6) afinação, temperamento - deverá ser Vallotti para as formações com cravo e/ou órgão.

7) Estrutura das provas:

Pré-Eliminatória (por gravação áudio):

a) Programa livre a partir de duas obras diferentes, com andamentos contrastantes

A duração total das obras apresentadas é de um mínimo de 10 minutos e um máximo de 15 minutos. O Júri pode invalidar os grupos que não cumpram o tempo estipulado.


Eliminatória:

a) Uma obra completa

b) Parte de outra obra, de carácter contrastante

A duração total das obras apresentadas é de um mínimo de 15 minutos e um máximo de 20 minutos. O Júri pode invalidar os grupos que não cumpram o tempo estipulado.


Final:

a) (alínea obrigatória) Duas obras contrastantes (completas)

b) (alínea opcional) Parte de outra obra, de carácter contrastante

A duração total das obras apresentadas é de um mínimo de 25 minutos e um máximo de 35 minutos. O Júri pode invalidar os grupos que não cumpram o tempo estipulado.

Obs.:
• O repertório da Eliminatória não pode incluir obras (nem andamentos diferentes das mesmas obras) que já tenham sido apresentadas na Pré-eliminatória.
• O repertório da Final não pode incluir obras (nem andamentos diferentes das mesmas obras) que já tenham sido apresentadas nas fases anteriores do concurso.
• Todas as peças nas três fases da competição têm de ser interpretadas pela