Balanço do Box Office 2013 - Portugal e cinema português
"A Gaiola Dourada" foi o filme mais visto em 2012 nas salas de cinema portuguesas.

Box Office  

Balanço do Box Office 2013 - Portugal e cinema português

Crise e esperança andam de mão dada na análise do mercado português e da produção nacional.

O ano termina com uma nota positiva após 11 meses em que só junho fugiu à regra de vermos menos gente nas salas do que em 2012.

As contas finais ainda não foram publicadas, mas dezembro está a ser um bom mês o que significa que a quebra final de espectadores poderá não ser tão má como se previa.

Mesmo assim, 2013 será o terceiro ano consecutivo em que o consumo de cinema em sala diminui em Portugal. Em 2010, tivemos 16,5 milhões espectadores. Em 2013, na melhor das hipóteses, chegaremos aos 12,5 milhões. Ou seja, em três anos as salas portuguesas terão perdido quatro milhões de espectadores.

O início de 2012 na área da exibição foi marcado pelo fecho das salas exploradas pela Socorama nos centros comerciais Sonae. A meio do ano, a empresa brasileira Orient pegou no mesmo circuito e pelo natal todas as salas estavam novamente a funcionar, agora sob gerência do grupo sediado na Bahia que, desta forma, estendeu a presença a um terceiro país lusófono depois do Brasil e de Angola.

De regresso estão também os filmes ao Saldanha Residence, em Lisboa. Uma nova empresa decidiu reabrir o espaço e transformá-lo num cinema com dois ecrãs e preço único de 4 euros.

Ainda na capital, o ano viu o fim do clássico King e o anúncio da reabertura do antigo cinema Ideal, entre o Chiado e o Bairro Alto.

Quanto a quotas de mercado, pouco ou nada mudou. A Zon Lusomundo cpntinua responsável por mais de 60% do mercado de exibição cinematográfica com a UCI numa longínqua segunda posição, com 13%.

Na distribuição, a Zon Audiovisuais é #1 com 60% de quota de mercado, seguida pela Columbia TriStar Warner com 18% e a Big Picture com 13%.

A análise da lista de filmes mais vistos revela-nos desde logo uma novidade, foi um filme francês o mais visto do ano e com larga vantagem sobre todos os outros. "A Gaiola Dourada", a comédia que aborda os problemas de um casal emigrado em Paris após receber uma choruda herança, foi visto por 755 mil pessoas.

Em segundo lugar, um título que estamos mais habituados a ter no topo das tabelas, "Velocidade Furiosa 6" teve 427 mil espectadores.

O terceiro mais visto foi o dominador do natal, a longa-metragem de animação "Frozen - O Reino do Gelo", com 375 mil espectadores.

No que diz respeito exclusivamente ao cinema português, o ano teve apenas um grande sucesso de bilheteira, "7 Pecados Rurais", e um resultado mediano para "Comboio Noturno Para Lisboa", de Bille August (58 mil espectadores).

Abaixo disto pouco ou nenhum impacto no público tiveram as estreias nacionais que foram surgindo.

Os 402 mil espectadores do cinema nacional em 2013 ficam a perder em comparação com os números excepcionalmente altos de 2012 - 734 mil espectadores graças a "Morangos Com Açúcar" e "Balas e Bolinhos". Mesmo assim é um dos melhores números dos últimos seis anos, um facto interessante por ocorrer num cenário de crise.

Consulte o top 20 do box office português em 2012

Consulte o top 20 do cinema nacional em 2012

por
publicado 01:06 - 02 janeiro '14

Recomendamos: Veja mais Artigos de Box Office