Estreia  

O presente é cómico, quer dizer, romântico

James L. Brooks, o realizador de "Melhor É Impossível", regressa aos labirintos da comédia romântica — com Reese Witherspoon, Paul Rudd, Owen Wilson e o seu actor fetiche, Jack Nicholson.

O presente é cómico, quer dizer, romântico
Reese Witherspoon e Paul Rudd: história do presente, gosto pela tradição
Crítica de
Subscrição das suas críticas
135
fetiche, Jack Nicholson.">
Trailer/Cartaz/Sinopse:
 O presente é cómico, quer dizer, romântico
Tens a Certeza? Lisa é, desde criança, uma atleta de baseball, pelo que, quando é dispensada da sua equipa, toda a sua vida deixa de fazer sentido. Sem saber que direcção tomar, Lisa começa a sair com Matty, uma estrela de baseball muito mulherengo. George é um sério homem de negócios, que tem uma relação bastante complicada com o seu pai - Charles. No entanto, George é injustamente acusado de um crime fiscal, e ...
Artigo recomendado:
O presente é cómico, quer dizer, romântico
Cinema Norte-americano
À procura da comédia romântica Afinal, é possível voltar a fazer comédias com adultos — mesmo com todas as suas limitações, "ABC da Sedução" tem o mérito de ...
Cinemax Rádio:
Outros Áudios
Crítica "Tens a Certeza?"

Subitamente, lembramo-nos do génio de Preston Sturges (1898-1959). Pensamos, sobretudo, nesse elaborado misto de ironia e absurdo, crítica social e conto moral que caracteriza alguns dos seus grandes clássicos, como "The Lady Eve / As Três Noites de Eva" (1941), com Barbara Stanwyck e Henry Fonda.

James L. Brooks nunca terá assinado nada de tão complexo e sofisticado, mas é um herdeiro talentoso, aplicado e obstinado do estilo de Sturges. Que é como quem diz: mostra-nos o presente num tom de comédia sempre envolvido com as ambivalências do romantismo.

"Tens a Certeza?" (título um pouco extremado para o original "How Do You Know") é mais um exemplo feliz do prolongado envolvimento de Brooks com as regras da comédia romântica, patente em títulos como "Laços de Ternura" (1983) e "Melhor É Impossível" (1997) — isto sem esquecer que foi também ele que dirigiu "Broadcast News / Edição Especial" (1987), um dos melhores e mais contundentes retratos da vida interna de um canal de televisão.

No caso de "Tens a Certeza?", Brooks explora um clássico triângulo amoroso que, apesar do seu classicismo, envolve factores que têm a ver com a velocidade do quotidiano numa grande metrópole contemporânea. Acima de tudo, mesmo se é verdade que o trabalho narrativo tem alguma dificuldade em apresentar e consolidar as personagens, deparamos com um sistema de relações admiravelmente posto em cena pelas nuances dos diálogos — aparentemente ligeiros, sempre carregados de significações mais ou menos ocultas (Sturges, hélas!).

Com Reese Witherspoon, Paul Rudd e Owen Wilson nos papéis principais, o filme possui uma assinalável consistência interpretativa, ou não fossem os actores peças decisivas na tradição da comédia romântica. Além do mais, a presença de Jack Nicholson num papel secundário (pai da personagem de Paul Rudd) estabelece uma ligação simbólica com um certo passado de Hollywood — parecendo que não, "Laços de Ternura", a primeira vez que Brooks dirigiu Nicholson, já foi há 28 anos.

  • O presente é cómico, quer dizer, romântico
    DVD
    Uma comédia à moda antiga
    Uma comédia "made in USA" que foi colher inspiração num grande sucesso da produção francesa: "Jantar de Idiotas" já está disponível em DVD.
Crítica de João Lopes
publicado 23:26 - 05 março '11

Recomendamos: Veja mais Críticas de João Lopes