Universal diz não a projecto Dark Tower
"Dark Tower" reúne o ambiente do Velho Oeste com uma história inspirada nos livros de JRR Tolkien.

Cinema Norte-americano  

Universal diz não a projecto "Dark Tower"

O projecto de Ron Howard pretendia adaptar os sete volumes da obra de Stephen King ao cinema e à televisão.

Mais um projecto de grande fôlego, a requerer grande investimento financeiro, cai por terra. Pelo menos no que diz respeito à Universal que acaba de recusar a proposta de Ron Howard ("Anjos e Demónios" e "Código Da Vinci") para adaptar "Dark Tower", de Stephen King.

A ideia base consistia em produzir três longas-metragens para cinema e duas séries de televisão a partir dos sete volumes da obra. Ron Howard realizaria a partir de um argumento de Akiva Goldsman (vencedor do Oscar para Melhor Argumento Adaptado em 2001 por "Uma Mente Brilhante"). Para Javier Bardem estava reservado o papel de Roland Deschain, protagonista da saga.

Com a mudança para as mãos da Comcast a margem de manobra da Universal para projectos arriscados, com muito dinheiro envolvido, ficou substancialmente reduzida. Apesar da hipótese atraente de criar uma marca de sucesso na linha de "Senhor dos Anéis" ou "Harry Potter", os executivos da major norte-americana optaram por uma atitude de prudência e preferiram negar a luz verde a uma trilogia com custos que andariam na ordem dos 150 a 200 milhões por filme.

Com o negócio num momento incerto a Universal prefere ficar com as apostas arriscadas e dispendiosas que já tem na mesa: "Battleship", realizado por Peter Berg (de "Hankock" e "O Reino") e "47 Ronin", com Keanu Reeves.

Agora, resta a Ron Howard bater a outras portas. Talvez a Warner Bros. que procura avidamente um substituto para Harry Potter?

por
publicado 04:30 - 19 julho '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Norte-americano