Portugália
com Henrique Amaro
2014-09-04 17:01:19

As Papoilas do Corvo - Zuca Zuca

As Papoilas do Corvo - Zuca Zuca
O grupo de cante feminino As Papoilas do Corvo nasceu há quase dez anos e os seus membros vivem na aldeia do Corvo, em Castro Verde. Editaram um cd em 2006 e recentemente participaram num projecto de registos das danças no Baixo Alentejo.  O ensaiador é o Pedro Mestre.

Este som é de um registo dA Música Portuguesa a Gostar dela Própria de Tiago Pereira e é a interpretação da música Zuca Zuca à capela... tema também incluído no cd Dêem-me duas velhinhas eu dou-vos o universo.

Audio



por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-04 16:55:52

Débito ejaculatório (sémen)

Débito ejaculatório (sémen)
"Bom dia, Raquel e Quintino.

Tenho 42 anos, casado há ano e meio, 2 filhos de outro casamento. Ando numa fase (há alguns anos, mas com maior incidência nos últimos meses) de algum stress, em todas as áreas da minha vida (profissional, filhos adolescentes, família).  Ando mais nervoso e irritadiço, com maiores níveis de ansiedade. Reconheço que estou com a minha libido bastante em baixo relativamente ao que é normal para mim.  Acredito que seja uma fase e que vai passar.

Verifico também que a minha quantidade de esperma é significativamente menor, bastante pouco.

O que pergunto é:

- é normal nestas circunstâncias?

- como aumentar a quantidade de esperma (quer nestas circunstancias, quer numa fase normal, tranquila)?

Devo referir que tenho uma alimentação cuidada, bebo bastante água, faço exercício (ainda que não de forma totalmente regular), não fumo (só excepcionalmente 1 cigarro) e não bebo excessivamente (apenas aos fins-de-semana)."




Audio


por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-04 16:52:44

Bons amigos. Almas gémeas

Bons amigos. Almas gémeas
"Há dias falaram de almas gémeas e compatibilidade gostava que dr. Me ajuda-se tenho 25 anos e conheço uma rapariga já ha uns 11 anos sempre fomos amigos mas a 3 anos passei a conhece-la melhor e "apaixonei-me" por ela quando isso aconteceu não o escondi e ate tivemos um relacionamento curto mas tivemos.

Ela disse que também estava apaixonada mas que tinha uma relação anterior mal "acabada" e "foi termina-la".

Custou me muito na altura mas tive de "aceitar" hoje somos bons amigos mas por vezes custa me ser só o bom amigo, hoje ela esta "livre" mas que diz que quer um tempo sem relações quer-se sentir bem sozinha. Respeito a situação mas custa muito, porque somos muito compatíveis eu vejo nela a aquela alma gémea costumo ate dizer lhe eu gosto dos teus defeitos a tua parte menos boa.

Devido ao meu desespero gostava que me ajudasse, devo continuar amizade e ver onde isto leva ou devo deixar "ir"? E que por vezes acho que e dependência... Por favor ajudem-me"

Audio



por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-04 16:47:43

"Tá feito, Tá Morto" O porquê de não fantasiarmos com o ex-namorado.

Tá feito, Tá Morto O porquê de não fantasiarmos com o ex-namorado.
"Boa tarde, hoje ouvi o quintino dizer que se a sra cuja experiencia era partilhada, fantasiava (com o antigo namorado) era porque não estava satisfeita com o actual. Mas também tenho ouvido o quintino dizer que fantasiar é importante, imprescindivel até, q é um elemento q estimula, que faz de nós o que somos... afinal como ficamos? Fantasiar sempre, não importa com quem, onde e quando?"

Audio


por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-04 16:43:35

Nada contraditório

Nada contraditório
"Boa noite,
Antes de mais gostaria de vos felicitar pelo excelente trabalho desenvolvido, é sempre um prazer ouvi-los.
Há uns longos meses, +/- 9 meses, o meu namorado de quase 4 anos pediu-me um "tempo", tendo pouco tempo depois terminado comigo, dizendo que gostava muito de mim mas que já não me amava, o que me magoou imenso não só pelo termino do namoro mas também por atitudes pouco respeitosas da parte dele.
Foi muito dificil esquecê-lo e de certa forma penso que ainda não o fiz.
O problema é que ele desaparece e reaparece na minha vida quando quer, geralmente começa a conversa com: és muito importante para mim, vamos ser amigos, para depois fazer-me propositadamente lembrar de momentos íntimos que passamos juntos, quando eu tento por entraves à conversa ele reage mal dizendo que sou fria, etc. Não consigo perceber essa atitude da parte dele e está a fazer com que eu passe a vida a relembrar tudo o que foi dito e feito.
Será arrependimento?"

Audio



por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-03 16:28:44

Os palavrões e as fantasias, porquê o químico? (Dupla representação - psicologicamente)

Os palavrões e as fantasias, porquê o químico? (Dupla representação - psicologicamente)
"Antes de mais parabéns pelo vosso excelente programa!

Respondendo ao vosso pedido, partilho uma boa experiência :)
Uma ouvinte escreveu a contar que o companheiro não Ejaculava quando tinham relações com ela por cima ( posição de cavaleiro ) e o Dr. Quintino sugeriu fantasiar e dizer palavrões..
Como se passava o mesmo problema comigo, resolvi ganhar coragem e.... Disse uma data de palavrões que nunca diria no dia a dia :) foi brutal! Ao principio estava envergonhada, mas consegui soltar-me e... Agora... Não quero outra coisa! Foi difícil, mas o resultado foi maravilhoso! Partilho esta experiência para que mais casais se soltem e consigam viver uma sexualidade mais plena...

As vezes pergunto-me porque nunca o tinha feito antes... Será cultural?
Grata pelo vosso maravilhoso programa que tanto tem feito pela minha sexualidade!"

Audio 




por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-03 16:21:27

Sexo oral - oferecer o nosso corpo ao outro.

Sexo oral - oferecer o nosso corpo ao outro.
"Sexo oral?????

Claro que sim!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sempre... Adoramos...Amamos... Ainda não sei como a gente que não gosta disso. Creio que algumas mulheres acham desconfortável. Devem ter medo do cheiro, que possa eventualmente incomodar o parceiro. Claro que eu e a minha parceira o fazemos depois de tomar um banho e estarmos bem cheirosos. Em quase todas as nossas relações sexuais eu ofereço sexo oral a minha companheira. Adoro dar-lhe prazer, ela consegue ter orgasmos com isso e fico maravilhado. Já tive outras parceiras anteriores que não queriam que lhes proporcionasse prazer oral, mas depois de insistir e mostrar que conseguiam ter muito prazer eram elas a "porem-se a jeito" para mais uma volta no "carrossel" J

Se o meu conselho pode servir para alguém, posso dizer que existem produtos com sabores que aromatizam e aquecem a vagina. Torna tudo ainda mais excitante.

Adoro o vosso programa e fico deleitado com a à-vontade que transmitem para os ouvintes."






Audio


por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-03 16:18:32

Mártires no relacionamento.

Mártires no relacionamento.
"Olá Raquel e Quintino,

Em primeiro lugar quero dizer-vos que adoro o vosso programa, pois tem-me ajudado a pensar melhor sobre o assunto dos relacionamentos humanos.

Tenho 35 anos, 2 filhos, casada há 12 anos, com o único namorado que tive, e com a pessoa que quis, ao contrário da vontade dos meus pais. A pessoa com quem casei tem um perfil psicológico complexo, hiper introvertido, direi mesmo anti-social, não tem amigos, não se dá com a família, conclusão, sou o único suporte afetivo que ele tem. Ao longo destes anos, nunca discutimos, ele sempre foi fiel e sério, com o senão de nunca ter tido manifestações de carinho ou romantismo para comigo. No entanto, agora com 35 anos vejo a vida de outra forma e, além disso, surgiu outro homem no meu caminho que me atrai bastante e tem sido o oposto do meu marido, ou seja, romântico, comunicativo, carinhoso, atrevido, etc, e que quer avançar para uma relação comigo. Não sei o que fazer, pois está em causa um casamento de 12 anos com alguém que sempre foi sério comigo, e uma pessoa completamente desamparada afetivamente. Adoraria ouvir uma opinião vossa. Um abraço."

Audio



por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-03 16:14:20

A brincadeira de crianças com idades diferentes

A brincadeira de crianças com idades diferentes

"Olá Raquel Bulha e Quintino Aires

Gosto muito do vosso programa e sou ouvinte assíduo e não perco um uma vez que ouço sempre em podcast. O assunto que pretendo que me esclareçam tem haver com um programa em que o Quintino falava do perigo de crianças com grande diferença de idades brincarem juntas. O que sucede foi que fomos jantar a casa de um casal amigo e o meu filho com 4 anos ficou a brincar com o filho desse casal de 11 anos cerca de 30 minutos. No dia seguinte o meu filho disse-me que o filho do casal pediu para ele lhe dar beijos na boca com língua. As minhas dúvidas são o que devo falar ao meu filho e se devo falar com o casal amigo, ou se a situação não é grave e devo ignorar."


Audio


por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(0)
2014-09-03 16:08:05

A maioria das pessoas não sabe fazer sexo anal.

A maioria das pessoas não sabe fazer sexo anal.
As mulheres não sabem fazer e os homens não sabem orientar o sexo anal.
As boas técnicas.

Audio



por : Raquel Bulha

link deste artigo | comentar/ver comentários(1)
A Hora do Sexo MP3 2014-09-16
A Hora do Sexo MP3 2014-09-15
Este é o blogue do programa "A Hora do Sexo". Aqui encontras muitas das dúvidas relacionadas com a sexualidade, mas mais importante do que isso, os devidos esclarecimentos e respostas. Bem-Vindo!

Contactos:

sexo@rtp.pt
Raquel Bulha (raquel.bulha@rtp.pt)
Quintino Aires (quintino.horadosexo@gmail.com)

Facebook



Audios

Ouve a Gala do 1º Aniversário

Ouve a Gala do 2º Aniversário com os ouvintes

Ouve a Gala do 2º Aniversário com os políticos
"Cenas Cortadas"
Consulta

Diário da República (regime de aplicação da educação sexual em meio escolar)
        
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930