Sociedade

Não há incêndios ativos na Madeira

Vigilância continua reforçada no Funchal e na Calheta

Não há incêndios ativos na Madeira

© fotografia Cesário Camacho

Um comunicado da Proteção Civil dá conta que não existem incêndios ativos na Madeira e que apenas um dos fogos, no concelho da Calheta, está em fase de rescaldo.
Ainda assim o Plano Regional de Emergência de Proteção Civil continua acionado e a vigilância mantém-se sobretudo nas zonas altas dos concelhos do Funchal e Calheta.

A temperatura do ar vai voltar a subir este fim de semana e o vento vai soprar com mais intensidade a partir desta tarde.

Previsão das Condições Meteorológicas:
Para os dias 13 e 14 (domingo) prevê-se a continuação de dias quentes na costa sul da ilha da Madeira, com temperaturas máximas da ordem dos 29/31 ºC e na costa norte, regiões montanhosas e em Porto Santo as temperaturas máximas não deverão ultrapassar os 25/26 ºC. As temperaturas mínimas nas regiões costeiras deverão variar entre 20 e 22 ºC e nas regiões montanhosas entre 14 e 17 ºC. Nas regiões montanhosas, a humidade relativa poderá ser temporariamente baixa, com valores inferiores a 30%. A partir do dia 15 (segunda-feira) prevê-se uma descida da temperatura do ar, mais significativa da máxima, da ordem de 2 a 4 ºC.
A partir do final da tarde do dia 13 (sábado) prevê-se, em geral, um aumento da intensidade do vento para classes de moderado (20 a 30 km/h) nas regiões de menor altitude, com rajadas da ordem de 70 km/h e moderado a forte (30 a 40 km/h) nas regiões montanhosas e nas pontas leste e oeste da Madeira com rajadas que poderão atingir os 90 km/h. Esta situação, relativa à intensidade do vento, deverá manter-se até ao fim da manhã do dia 16 (terça-feira). O rumo predominante no Arquipélago da Madeira, definido pela circulação geral, será predominante de Norte.

Em geral, as condições meteorológicas previstas para os próximos 5 dias enquadram-se nas condições climatológicas típicas do Arquipélago da Madeira, para esta época do ano.

Outras Considerações:
- O Plano Regional de Emergência de Proteção Civil está ativo desde o dia 9 de agosto 2016.
- Com base na caraterização das condições atmosféricas particularmente a temperatura elevada e o aumento da velocidade do vento para os próximos dias, foi intensificada a vigilância ativa e contínua para prevenção dos incêndios rurais em toda a Ilha da Madeira.
- No concelho do Funchal, mantém-se a vigilância, com especial incidência nas zonas altas do Funchal, particularmente Eira do Serrado, S. Gonçalo, Monte e Choupana.
- As ações de vigilância são operacionalizadas com reforço das equipas dos corpos de bombeiros, da Guarda Nacional Republicana e das Forças Armadas, até ao dia 15 de agosto 2016.