Filipe Vieira suspenso por 45 dias

| Benfica

Legenda da Imagem
|

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, foi suspenso por 45 dias, na sequência das declarações após a partida com o Sporting, da 11.ª jornada da Liga, informou hoje o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

De acordo com comunicado, o CD da FPF decidiu, na sequência de uma participação do Sporting, "sancionar o Sr. Luís Filipe Ferreira Vieira (Titular da Licença n. 1408), Presidente do Conselho de Administração da Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, com a pena de 45 (quarenta e cinco) dias de suspensão para o exercício das suas funções no âmbito das competições desportivas e multa de 2.500 euros".

Esta decisão é baseada na "prática das infrações disciplinares previstas e punidas pelos artigos 5., n. 2 - Deveres e obrigações gerais - e 109, n. 1 - Da Lesão da honra e reputação dirigente" do Regulamento Disciplinar da Liga de clubes, na sequência de afirmações proferidas no final do jogo Benfica - Sporting, da 11.ª jornada da Liga portuguesa, realizado a 26 de novembro de 2011.

O jogo entre "águias" e "leões" ficou marcado pela estreia da caixa de segurança do Estádio da Luz, incendiada no final por adeptos do Sporting.

Após o jogo, o Benfica acusou os dirigentes do Sporting por palavras e atos irresponsáveis, tendo o presidente "leonino", Godinho Lopes, dito que ocorreram graves incidentes no acesso aos balneários.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.