José Azevedo pode ganhar com destituição de Lance Armstrong

| Ciclismo

José Azevedo, na foto em ação na Volta a Portugal
|

O antigo ciclista português José Azevedo poderá ficar a ganhar com a destituição de Lance Armstrong dos títulos que conquistou na Volta a França.

Pouco tempo depois de Lance Armstrong ter revelado que desistiu de lutar contra as acusações de dopagem da Agência Antidopagem dos Estados Unidos, o diretor-geral deste órgão anunciou que o ex-ciclista vai ficar sem os títulos conquistados depois de 1 de agosto de 1998. “É um dia triste para todos os que entre nós amam o desporto e os nossos atletas”, referiu Travis Tygart.

O presidente da Agência Mundial de Antidopagem, John Fahey, já considerou que a desistência de Armstrong é o reconhecimento de que as acusações “tinham substância”. Em declarações à agência Associated Press, John Fahey referiu que a Agência Antidopagem dos Estados Unidos agiu corretamente ao irradiar o norte-americano.

A decisão final compete à União Ciclista Internacional, mas, se for confirmada a recomendação da Agência Antidopagem dos Estados Unidos, Armstrong vai ficar sem as sete vitórias garantidas na Volta a França e sem a medalha de bronze conquistada nos Jogos Olímpicos de Sidnei em 2000.

Neste cenário, e se fossem desclassificados todos os ciclistas envolvidos em casos de dopagem na Volta a França, o português José Azevedo ascenderia à qualidade de vencedor da prova em 2002, de acordo com o jornal francês Le Monde.

José Azevedo, que atualmente está na equipa técnica da RadioShack, terminou a Volta a França em sexto lugar nesse ano, com a camisola da ONCE. Os cinco primeiros classificados em 2002 foram Lance Armstrong (US Postal), Joseba Beloki (ONCE), Raimondas Rumsas (Lampre), Santiago Botero (Kelme) e Igor Gonzalez de Galdeano (ONCE).

Tópicos:

Lance Armstrong, ciclismo, José Azevedo,

Pesquise por: Lance Armstrong, ciclismo, José Azevedo,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Pedrógão Grande, dois anos depois dos incêndios, quase só os estrangeiros são atraídos para a região.

Uma equipa da RTP acompanhou o curso dos novos seguranças pessoais, "sombras" de quem protegem.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.