Banda desenhada portuguesa é tema de publicação antológica na Letónia

| Cultura

A mais recente banda desenhada portuguesa, de autores como Francisco Sousa Lobo, Marta Monteiro e Pedro Burgos, está em destaque na S!, uma revista da Letónia dedicada à BD, cujo mais recente número foi publicado esta semana.

Tendo como inspiração a obra "Livro do Desassossego", de Fernando Pessoa, o número 20 da publicação conta com trabalhos de 17 autores portugueses e um texto introdutório de Marcos Farrajota, editor da Chili com Carne e um dos responsáveis pela seleção dos artistas.

"É impossível agrupar estes artistas que entram neste livro a qualquer movimento até porque há aqui idades e percursos muito diferentes", afirma Marcos Farrajota na introdução.

O editor faz ainda uma curta resenha histórica sobre a BD portuguesa, desde as páginas humorísticas de Raphael Bordallo Pinheiro até à atualidade, referindo que os "movimentos da BD portuguesa não são de fluxo em progresso mas de interrupções contínuas que não oferecem passado nem futuro".

De pequeno formato e com mais de uma centena de páginas, a publicação S! inclui nomes conhecidos da banda desenhada e ilustração nacionais, como João Fazenda, Pedro Burgos, André Lemos, Filipe Abranches, Daniel Lima - que assina a capa -, aos quais se juntam autores que também têm obra individual publicada, como Tiago Manuel e Paulo Monteiro, e outros artistas como Amanda Baeza, Cátia Serrão e Bruno Borges.

A edição da revista contou com o apoio financeiro da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas.

A revista S! foi fundada em 2007 em Riga com o objetivo de divulgar "a banda desenhada num país onde este género [literário] é praticamente inexistente e mostrar a BD letã" no estrangeiro.

A edição desta revista é a mais recente iniciativa de divulgação internacional da banda desenhada portuguesa.

No ano passado, o festival de banda desenhada e ilustração de Treviso, em Itália, dedicou parte da programação a Portugal, com uma exposição sobre 14 autores e apresentação de obras, nomeadamente a edição italiana do livro "Tu és a mulher da minha vida ela é a mulher dos meus sonhos", de Pedro Brito e João Fazenda.

Em novembro, a editora portuguesa Kingpin Books lançou "Crumbs", uma antologia de banda desenhada portuguesa com doze histórias escritas em inglês, a pensar no mercado estrangeiro.

Na antologia participam 17 autores portugueses, entre os quais Osvaldo Medina (desenho), Joana Afonso (desenho e argumento), David Soares (argumento), André Caetano (desenho), Francisco Sousa Lobo (desenho e argumento), Ricardo Venâncio (desenho) e André Oliveira (desenho).

 

 

Tópicos:

Amanda Baeza Cátia Serrão, André, Chili, Fazenda, Kingpin Books, Letónia, Osvaldo Medina, Treviso, Venâncio,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, garantiu que enquanto tiver confiança do primeiro-ministro não vai sair do Executivo.

Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.