Descoberto inédito de Eça de Queirós

| Cultura

José Maria Eça de Queirós nasceu na Póvoa do Varzim a 20 de de novembro de 1845 e é um dos grandes autores realistas portugueses
|

O libreto da opereta A Morte do Diabo, obra humorística co-escrita por Eça de Queirós e Jaime Batalha Reis, foi encontrado na Biblioteca Nacional pela investigadora Irene Fialho. Encontrava-se entre o espólio do compositor Augusto Machado. Absolutamente inédito, estará à venda a partir de 4 de junho.

A partitura não faz menção ao título nem aos seus autores mas mostra, alegam os seus estudiosos Irene Fialho, Mário Vieira de Carvalho e José Brandão, uma faceta pouco conhecida de Eça de Queirós, a do verso cómico.

A Morte do Diabo foi composta em 1896 por Augusto Machado e era até agora apenas conhecida por referências em textos dispersos dos seus libretistas.

A Editorial Caminho vai colocar o inédito à venda a partir de quatro de junho, na Feira do Livro de Lisboa e em todas as livrarias.

Tópicos:

A Morte do Diabo, Augusto Machado, Editorial Caminho, Feira do Livro de Lisboa, Jaime Batalha Reis, Eça de Queirós,

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.