Duas biólogas e um ilustrador criam "Lá Fora - um guia para descobrir a natureza"

| Cultura

Há sempre natureza à espera de ser descoberta, num quintal ou na floresta, basta que alguém desperte para ela, afirmaram à Lusa as biólogas Maria Dias e Inês Rosário, autoras do guia "Lá Fora", a editar pela Planeta Tangerina.

"Lá Fora -- um guia para descobrir a natureza", a publicar no final do mês, é um livro que convida pais e filhos, crianças e adultos a saírem de casa e a entrarem na natureza que os rodeia, seja na cidade, seja no campo.

Profusamente ilustrado por Bernardo Carvalho, o livro reparte-se por capítulos dedicados às aves, aos mamíferos, aos répteis, às flores, ao céu ou ao mar, à praia e às poças de maré, mas também aos bichinhos que vivem nos jardins e nos quintais.

"O objetivo é despertar essa vontade de sair para a rua e explorar a natureza. As pessoas não se apercebem da diversidade e há tanta coisa para ver", afirmou Isabel Rosário.

Maria Dias, Inês Rosário e a equipa da editora Planeta Tangerina demoraram cerca de dois anos a preparar este guia, que contou ainda com revisão técnica e científica de uma dezena de especialistas.

A par das descrições sobre tipos de paisagens que se podem encontrar em Portugal -- florestas, bosques, montanhas, escarpas, lagoas, albufeiras -- o guia apresenta informação detalhada sobre animais e plantas, dá indicações do que vestir e levar quando se explora a natureza e inclui atividades para os mais novos.

"A ideia é partilhar o gosto em aprender através da observação, de atividades simples e do raciocínio. Isso pode ser feito tanto vivendo dentro de um parque natural como vivendo num prédio de uma grande cidade. No extremo, até pode ser feito dentro de casa, observando as flores dos vasos, ou as abelhas que as visitam", explicou Maria Dias, que teve a ideia de fazer este guia.

A bióloga acredita que "as crianças têm uma curiosidade enorme pela natureza, sobretudo pelos animais, mas são poucos os adultos que mantêm esse entusiasmo".

E Inês Rosário acrescenta: "Precisamos de alguém que nos desperte. É preciso um empurrão para sair, para fazer coisas lá fora".

Isabel Minhós Martins, escritora e fundadora da Planeta Tangerina, descreveu à Lusa este guia como "um livro de consulta para todos". "Vão ser os pais e os adultos a comprar, mas pode ser para leitores a partir dos oito/nove anos".

Maria Ana Peixe Dias, 38 anos, especializou-se em ecologia de aves aquáticas e vive em Cambridge, no Reino Unido, onde trabalha na Birdlife International, uma organização não-governamental dedicada à conservação de aves selvagens.

Isabel Teixeira do Rosário, 40 anos, vive em Portugal, fez um doutoramento sobre o rato-de-cabrera, trabalhou em empresas de consultoria ambiental, não conseguiu uma bolsa de investigação, à qual se tinha candidatado, e está atualmente desempregada.

Bernardo Carvalho, 40 anos, co-fundador da Planeta Tangerina, recebeu em 2009 o Prémio Nacional de Ilustração e ilustrou cerca de uma vintena de livros para a infância e juventude.

Tópicos:

Bernardo Carvalho, Inês Rosário, Peixe, Rosário,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Pedrógão Grande, dois anos depois dos incêndios, quase só os estrangeiros são atraídos para a região.

Uma equipa da RTP acompanhou o curso dos novos seguranças pessoais, "sombras" de quem protegem.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.