Escritor espanhol Eduardo Mendoza vence Prémio Cervantes 2016

| Cultura

O escritor espanhol Eduardo Mendoza venceu o Prémio Cervantes 2016, a maior distinção mundial em língua espanhola.

O prémio foi hoje anunciado pelo ministro espanhol da Educação e Cultura, Íñigo Méndez de Vigo, que sublinhou a originalidade da escrita de Mendoza, "cheia de subtileza e ironia" desde a sua primeira novela, "A verdade sobre o caso Savolta", publicada em 1975.

O autor espanhol está traduzido em várias línguas, incluindo a portuguesa.

O prémio de 125 mil euros é geralmente atribuído alternadamente a escritores espanhóis e da América Latina. O escritor mexicano Fernando del Paso foi o vencedor da edição do ano passado.

O prémio é apresentado anualmente em cada 23 de abril, data da morte do autor de D. Quixote.

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da AICEP condena a saída de Portugal de divisas no valor 10 mil milhões de euros para paraísos fiscais, sem a existência de fiscalização e publicação.

Aos 31 anos, a astrofísica portuguesa Catarina Fernandes confessou à RTP que sempre gostou de astronomia e não esquece a primeira visita ao Planetário de Lisboa.

    O antigo Presidente disse na entrevista à RTP que fora apanhado “completamente de surpresa” pelas acusações contra o antigo primeiro-ministro na Operação Marquês.

    A RTP disponibiliza agora uma nova aplicação: apresenta as notícias do dia em texto, vídeo e áudio, alertas de última hora e as emissões da RTP3 e Antena 1.