Filme de animação para adultos retrata vida de idosos com Alzheimer num lar

| Cultura
Filme de animação para adultos retrata vida de idosos com Alzheimer num lar

Os problemas da velhice e das doenças dos idosos passaram da banda desenhada do espanhol Paco Roca para o grande écran. A doença de Alzheimer e o dia a dia num lar de terceira idade são temas pouco habituais em filmes de animação, mas “Rugas” consegue o propósito de não deixar os espetadores indiferentes.

Tudo começou quando Paco Roca fez uma banda desenhada para tentar compreender a velhice dos pais. “Que extraordinária mensagem de vida, de alegria, de humor, e de amor que o filme tem”. É desta forma que o ator Rui Mendes descreve a película, na qual dá a voz à personagem Emilio.

A versão dobrada em português já está nas salas de cinema e conta ainda com as vozes de Rui Oliveira, Custódia Gallego, entre outros.

A revista Variety inclui “Rugas” na lista dos filmes europeus mais promissores do ano. Com realização de Ignacio Ferreras, a película ganhou o prémio Goya para Melhor Filme de Animação e Melhor Roteiro Adaptado.

(com Sandra Henriques)

A informação mais vista

+ Em Foco

A causa do incêndio do Pedrogão Grande terá sido uma linha elétrica de média tensão. Esta é uma das principais conclusões do relatório que o professor Xavier Viegas entregou ao Governo.

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.