Filme "Winter Sleep" vence Palma de Ouro em Cannes

| Cultura

O realizador Nuri Bilge Ceylan com a Palma de Ouro atribuída ao seu filme "Winter Sleep", ladeado pelas actrizes Carole Bouquet (esq.) e Paz Vega (dir.), que integraram o júri deste ano
|

O filme "Winter Sleep", de Nuri Bilge Ceylan, venceu hoje a Palma de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Cannes, enquanto "Le Meraviglie", de Alice Rohrwacher, ganhou o Grande Prémio e Bennett Miller foi distinguido como melhor realizador.

Bennett Miller recebeu o galardão pelo filme "Foxcatcher".

O júri do festival atribuiu o prémio de melhor ator a Timothy Spall e entregou o galardão de melhor atriz a Julianne Moore, deixando o troféu do melhor argumento para o filme "Leviathan".

Timothy Spall ganhou o título de melhor ator pela sua atuação no filme "Mr. Turner", enquanto Julianne Moore foi distinguida por "Maps to the stars".

O Festival de Cinema de Cannes abriu no dia 14, em França, ensombrado por alguma polémica, por causa do filme de abertura, "Grace de Mónaco", de Olivier Dahan, sobre Grace Kelly, que foi rejeitado pela família real monegasca.

A família da princesa Grace não esteve presente no festival, nem tão pouco apoia a exibição do filme, argumentando que a história real foi adulterada para fins "puramente comerciais".

Fora de competição, Cannes estreou a longa-metragem "Pontes de Sarajevo", composto por curtas-metragens de 13 realizadores europeus, entre os quais Teresa Villaverde, com o filme "Sara e sua mãe".

Para a Semana da Crítica foi selecionada a curta-metragem "Boa noite Cinderela", com a qual o realizador Carlos Conceição recupera o conto popular da Gata Borralheira, numa "versão mais carnal".

Os dois filmes foram exibidos no festival IndieLisboa.

O festival de Cannes termina no domingo.

Tópicos:

Cannes, Gata Borralheira, Mónaco Olivier Dahan,

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.