Iniciativa privada regista e põe na internet paisagens sonoras da região da Beira Serra

| Cultura
Iniciativa privada regista e põe na internet paisagens sonoras da região da Beira Serra

Foto: Paulo Novais/Lusa

Em 2008, o ano em que nasceram os filhos, Luís Antero começou a recolher e organizar registos das paisagens sonoras da região da Beira Serra. As preocupações eram a documentação, arquivo e divulgação pública desses sons através da internet.

Luís Antero continua a fazer este trabalho e tem vários projetos em mãos, como gravações sonoras das rodas de água do vale do Rio Alva e a arte sineira da aldeia de xisto da Benfeita. As gravações vão ficando disponíveis na página que criou na internet.

A Assembleia da República discute esta tarde um projeto de resolução do PS que recomenda ao Governo o alargamento das suas competências à tutela do arquivo sonoro nacional, de forma a que haja um espaço comum em que é armazenado. Os socialistas defendem que é importante garantir que este património não é esquecido.

(com Sandra Henriques)

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios, José Theotónio considera que existe uma diferença de preços muito significativa em relação a mercados concorrentes.

Em entrevista à RTP, o embaixador francês analisa o atual momento do país, os populismos, os emigrantes portugueses e o interesse francês em Portugal.

    A Associação Adeptos dos Sonhos faturava cerca de 2600 euros por dia, alegadamente para ajudar crianças carenciadas, mas 90% do dinheiro que recebia ia para uma empresa privada do namorado da presidente.

    Entrevista de D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima, à RTP.