Lobo Antunes recebe Prémio Jerusalém na Feira Internacional do Livro

| Cultura

O escritor português António Lobo Antunes foi galardoado com o Prémio de Jerusalém de 2005, no âmbito da 22ª Feira Internacional do Livro hoje inaugurada nesta cidade.

Lobo Antunes, designado pelo júri para receber o Prémio pelo conjunto da sua obra literária, considerada como a melhor sobre o tema de liberdade humana na sociedade, foi apesentado em conferência de imprensa antes da inauguração do certame.

O júri que atribuiu o galardão ao escritor português era constituído pelo antigo ministro Dan Meridor, presidente, pela professora universitária Ziva Ben-Porat e pelo escritor Haim Beer.

Num comunicado à imprensa, a organização da Feira Internacional acrescenta que António Lobo Antunes é considerado um dos maiores escritores do século XX, várias vezes candidato ao Prémio Nobel.

O prémio Jerusalém 2005 será entregue a Lobo Antunes numa cerimónia a realizar nos Palácios da Nação (Binyanei HaUmá), em Jerusalém, na quarta-feira.

Participam no certame cerca de 500 casas editoras de 30 países, que terão os seus livros expostos ao público de 13 a 18 de Fevereiro.

Durante esse período haverá todos os dias vários eventos literários especiais, funcionará no recinto um Café Literário, e haverá espaços próprios para negociações sobre direitos de tradução.

Na quinta-feira, 15 de Fevereiro, o embaixador de Portugal, Pedro Nuno Bártolo, oferece, na residência oficial da Embaixada um cocktail em honra de Lobo Antunes, no qual estarão presentes professores, escritores, críticos literários e os tradutores de todas as obras portuguesas até agora publicadas em Israel.

O primeiro livro de Lobo Antunes traduzido para hebraico foi "O Auto dos Danados", em 2003.

Ioram Melcer, que traduziu esta obra, está actualmente a terminar a tradução de "Os Cus de Judas".

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.