Nuno Júdice fala em reconhecimento da poesia e promete não alterar escrita

| Cultura
Nuno Júdice fala em reconhecimento da poesia e promete não alterar escrita

Nuno Júdice foi hoje distinguido com o prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero americana.

Um prémio que reconhece o conjunto de uma obra de um autor vivo. Obra cujo valor literário constitu uma contribuição relevante para o património cultural ibero-americano.

O prémio é atribuido pelo Património Cultural e pela Universidade de Salamanca.

O poeta português já disse que se trata de um reconhecimento da poesia mas pouco irá mudar naquilo que Nuno Júdice escreve.

Nuno Júdice é professor da Universidade Nova de Lisboa. É autor de poesia, teatro, ensaios e fição. É natural do Algarve, da Mexilhoeira grande.


A informação mais vista

+ Em Foco

O principal partido da oposição pede aos angolanos que não se intimidem com as acusações do partido no poder, MPLA.

Começou a série de 18 debates com candidatos às autárquicas na RTP. Veja aqui o resumo do primeiro: Bragança.

É portuguesa a única equipa do mundo que faz o despiste genético de cancro do estômago hereditário.

Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A Antena 1 fixa o país em 20 retratos.