Sean Penn pede greve de sexo em solidariedade com mulheres no Haiti

| Cultura

O ator e realizador norte-americano Sean Penn apelou hoje, durante uma cerimónia em Cannes, às mulheres presentes para fazerem greve de sexo em solidariedade com todas as mulheres no Haiti.

"Quero que todas as mulheres, em solidariedade com as mulheres do Haiti, que sofreram mais do que qualquer mulher no mundo, digam aos homens: hoje não vou ter sexo contigo a não ser que faças um donativo" para apoiar aquele país, disse o ator.

Ativista por causas de direitos humanos, Sean Penn está a promover uma recolha de fundos a favor do Haiti, devastado por um sismo em 2010. Num evento realizado sexta-feira em Cannes conseguiu reunir mais de 1,3 milhões de euros.

A atriz Jessica Chastain e a júri no festival de cinema de Cannes Diane Kruger estão entre as estrelas de cinema que participaram na recolha de fundos, juntamente com o estilista Giorgio Armani.

O festival de cinema de Cannes começou na quarta-feira e termina dia 27 de maio.

Tópicos:

Haiti Cannes,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma foto partilhada por um climatólogo tornou-se viral, ao expor o fenómeno abrupto de degelo.

Ján Kuciak e Martina Kusnírová foram encontrados mortos em casa, a ...

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.