Ações da petrolífera brasileira Petrobras disparam quase 10% após acordo da OPEP

| Economia

As ações da petrolífera brasileira Petrobras subiram quase 10% nas negociações de hoje à tarde, na sequência do acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para cortar a produção de petróleo pela primeira vez em oito anos.

Após vários dias de altos e baixos, as ações da maior empresa brasileira subiram bruscamente e lideraram os ganhos na bolsa de São Paulo, que avançava 2,19% às 15:00 horas locais (17:00 em Lisboa).

As ações preferenciais (de maior valor) da petrolífera subiam 9,58%, enquanto as ações ordinárias (com direito a voto) aumentaram 9,55%.

A OPEP anunciou hoje que alcançou um acordo para reduzir a sua produção em 1,2 milhões de barris por dia, limitando-a a 32,5 milhões de barris diários.

Na sequência do acordo, o preço internacional do petróleo manteve-se todo o dia em alta, o que tem um efeito positivo na Petrobras.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.