CMVM deferiu saída de bolsa da Sumol+Compal

| Economia

|

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deferiu na quinta-feira o pedido de saída de bolsa apresentado pela Sumol+Compal, cujas ações foram já excluídas da negociação, anunciou hoje o regulador.

"Na sequência do requerimento apresentado em 22 de dezembro de 2017 pela Sumol+Compal, em reunião do seu Conselho de Administração, realizada em 21 de junho de 2018, foi deliberado deferir, com efeitos a esta data, o pedido de perda da qualidade de sociedade aberta apresentado", refere a CMVM em comunicado.

Segundo o regulador, a Refrigor e a Frildo - Entreposto Frigorífico - que controlam mais de 90% dos direitos de votos na empresa - "obrigaram-se a adquirir as ações detidas pelos acionistas que não tenham estado presentes ou representados ou votado favoravelmente a referida deliberação, tendo para o efeito caucionado o respetivo pagamento junto do Caixa - Banco de Investimento".

"O valor global da contrapartida fica disponível pelo prazo de três meses a contar da presente publicação, pelo preço unitário de 1,661 euros por ação, valor que resulta da avaliação realizada por auditor independente (...) e do facto de já terem sido distribuídos dividendos", refere.

Com a publicação, hoje, da decisão da CMVM, procedeu-se à "imediata exclusão da negociação em mercado regulamentado das ações da sociedade e dos valores mobiliários que dão direito à sua subscrição ou aquisição, ficando vedada a sua readmissão pelo prazo de um ano".

Em 21 de dezembro passado, os acionistas da Sumol+Compal aprovaram em assembleia-geral a saída de bolsa da empresa de bebidas, com o voto contra do BPI (que detém 0,52% do capital social).

A favor votaram Refrigor, Frildo - Entreposto Frigorífico, Eufiger - Gestão de Empreendimentos Imobiliários e Agrícolas, Tecol - Máquinas e Artes Metálicas, João António Brito Pires Eusébio, Amélia Maria Brito Pires Eusébio e António Sérgio Brito Pires Eusébio, ou seja, 93,79% do capital social com direito de voto.

Tópicos:

Brito Pires Eusébio Amélia, Empreendimentos Imobiliários,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        A Austrália enfrenta a maior seca de que há memória, afetando agricultores e criação de gado.