Contribuição da EDP "é muito significativa" - Álvaro Santos Pereira

| Economia

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, afirmou hoje que a contribuição da EDP no corte das remunerações ao sistema electroprodutor é "muito significativa", realçando que "nas últimas semanas" as negociações com a elétrica se intensificaram.

"Se fizerem as contas, verão que a contribuição desta empresa é muito significativa", disse hoje no Parlamento o governante, depois da reunião de Conselho de Ministros, na qual foram aprovadas revisões às rendas elétricas.

Álvaro Santos Pereira explicou que "a EDP está a contribuir não só com os custos de manutenção do equilíbrio contratual (CMEC), mas também com o fim da garantia de potência durante o programa de ajuda financeira e a redução para um terço depois, nas renováveis e nas mini-hídricas".

Já antes na conferência de imprensa, após o Conselho de Ministros, o ministro da Economia adiantou que "nas últimas semanas" decorreram conversações com a EDP para a revisão dos CMEC, que envolve contratos, explicando que os valores encontrados foram "em consonância com essas negociações".

Aos deputados, Álvaro Santos Pereira explicou que "a fatura de luz será em 40 por cento menor em 2020 do que se os cortes nos sobrecustos na energia não fossem feitos".

"Se nada fosse feito, teríamos uma dívida tarifária acima dos cinco mil milhões de euros em 2020", declarou, considerando mesmo que "hoje é um dia histórico para o País, porque está-se a provar que o Governo está determinado em que todos partilhem os sacrifícios para sair da situação atual".

Aos comentários da bancada socialista, o governante disse que "o apagão durou décadas. Agora é que se fez luz", referindo que "o legado do PS é uma dívida tarifária superior a três mil milhões de euros".

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.