Empresas de distribuição contra taxa sobre equipamentos de gravação

| Tecnologia
Empresas de distribuição contra taxa sobre equipamentos de gravação

Foto: Frank Rumpenhorst/EPA

As empresas de distribuição estão contra a nova taxa que o Governo pretende implementar sobre todos os equipamentos que permitam gravar ficheiros, nomeadamente telemóveis e tablets. O objetivo é pagar desta forma direitos de autor. A medida deve ser discutida esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição considera que se trata da criação de mais um imposto e defende que desta maneira todos os consumidores são classificados como piratas.

A Associação para a Gestão da Cópia Privada contrapõe que esta é uma posição demagógica e lembra que a taxa existe noutros países sem provocar quebras no consumo.

(com Luís Soares)


Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, garantiu que enquanto tiver confiança do primeiro-ministro não vai sair do Executivo.

Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.