Exportação de carnes animais desbloqueada, assinado acordo para o setor do tomate

| Economia

Portugal vai poder exportar carne de porco e carne de aves para o Japão, disse aos jornalistas o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, que esteve hoje presente em Tóquio na assinatura de um memorando sobre produção de tomate.

"Um conglomerado japonês com colaboração de portugueses, através da HIT, vai instalar um centro de investigação e desenvolvimento na área dos produtos derivados do tomate: concentrado, polpa, `ketchup`, de modo a poder criar novos produtos e já têm cerca de quinhentos trabalhadores no nosso país", afirmou Paulo Portas.

"Muitos agricultores já produzem para eles e a ambição é poderem estar na lista dos dez primeiros produtores na área do tomate", acrescentou o ministro.

O acordo foi assinado hoje em Tóquio entre a HIT, multinacional japonesa do setor do tomate, e a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

Por outro lado, disse Paulo Portas, foram entregues às autoridades de Tóquio os processos relativos à exportação de cereja portuguesa e "ficaram resolvidos" os processos relativos à exportação de carne de aves e carne de porco para o Japão.

O Japão é um dos maiores importadores da carne de porco, mas há 12 anos que o processo de licenciamento estava parado.

"Entregamos as respostas técnicas ao Japão, eles fizeram a missão de avaliação da nossa avaliação de segurança alimentar e saímos daqui com a fundada esperança de que podemos, a partir do segundo semestre deste ano, exportar carne de porco para o Japão", disse Paulo Portas referindo-se ao mercado japonês.

"São 128 milhões de consumidores, são um dos maiores importadores da carne de porco e isto é muito importante para as empresas portuguesas deste setor", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros sublinhando igualmente o processo relativo às exportações da carne de aves portuguesas.

"O processo de exportação da carne de aves também estava parado há muitos anos. Também foi daqueles processos que nós fomos buscar ao baú há pouco mais de um ano. As equipas técnicas reuniram-se, os questionários foram respondidos, as perguntas suplementares também já foram respondidas e temos a fundada esperança de que podemos exportar para o Japão a partir do final de 2013", explicou Paulo Portas.

"Há mais de dez anos que os processos estavam parados, em boa medida por negligência da nossa parte. Devíamos ter respondido mais cedo, devíamos ter pressionado mais cedo, mas isso é página virada", concluiu o ministro dos Negócios Estrangeiros que termina na sexta-feira a visita à capital do Japão.

 

Tópicos:

Japão,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.