Exportações do setor do mobiliário crescem 8% no primeiro semestre

| Economia

As exportações do setor do mobiliário e colchoaria aumentaram 8% durante o primeiro semestre deste ano, em termos homólogos face a 2012, e fixaram-se em 599 milhões de euros, revelou hoje a associação setorial.

De acordo com a Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins (APIMA), os resultados dos primeiros seis meses de 2013, que incluíram vendas para 128 países, mostram um aumento de 12% se comparados com o comportamento das exportações em 2011.

França continua a ser o principal mercado, registando um aumento de 3% de vendas face a 2012 para 176 milhões de euros, seguindo-se Espanha com 152 milhões de euros, o que equivale a um decréscimo de vendas de 4%.

Angola também se fica pela terceira posição em termos de exportações do setor do mobiliário português, com 66 milhões de euros, uma subida de 9% face ao primeiro semestre de 2012.

Os dois maiores aumentos em vendas para o estrangeiro verificaram-se nos EUA, que dispararam 132% para 16,7 milhões de euros, e a Alemanha, que cresceu 36,9% para os 54 milhões de euros.

No que toca às importações, caíram 16% durante os primeiros seis meses do ano, sendo que "o saldo da balança comercial setorial continua superavitário, registando a importância de 348 milhões de euros, um crescimento homólogo de 37%".

Tópicos:

Indústrias Mobiliário,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.