Gestão da Caixa no BPN investigada pelo Ministério Público

| Economia
Gestão da Caixa no BPN investigada pelo Ministério Público

Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters

O Ministério Público está a investigar a gestão feita pela Caixa Geral de Depósitos no BPN, nomeadamente porque foram concedidos 526 milhões de euros de crédito a cerca de 80 empresas, que deram apenas 81 milhões de euros como garantias.

A informação é avançada esta manhã pelo Diário de Notícias, que explica que os números fazem parte de documentos a que teve acesso e acrescenta que a Parvalorem – a empresa criada para gerir os ativos tóxicos do banco – já avançou com queixas-crime contra a antiga administração da entidade bancária.

Fonte ligada à administração do BPN, liderada por Francisco Bandeira, afirmou ao jornal que tinha ficado surpreendida com a iniciativa da Parvalorem.

(com Sandra Henriques)

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.