Gestão da Caixa no BPN investigada pelo Ministério Público

| Economia
Gestão da Caixa no BPN investigada pelo Ministério Público

Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters

O Ministério Público está a investigar a gestão feita pela Caixa Geral de Depósitos no BPN, nomeadamente porque foram concedidos 526 milhões de euros de crédito a cerca de 80 empresas, que deram apenas 81 milhões de euros como garantias.

A informação é avançada esta manhã pelo Diário de Notícias, que explica que os números fazem parte de documentos a que teve acesso e acrescenta que a Parvalorem – a empresa criada para gerir os ativos tóxicos do banco – já avançou com queixas-crime contra a antiga administração da entidade bancária.

Fonte ligada à administração do BPN, liderada por Francisco Bandeira, afirmou ao jornal que tinha ficado surpreendida com a iniciativa da Parvalorem.

(com Sandra Henriques)

A informação mais vista

+ Em Foco

Foram mais de três horas de debate a cinco mas sem grandes novidades. Le Pen defendeu o fim da imigração. Macron foi atacado pelas ligações à banca.

Onde reside "o verdadeiro problema estrutural" da UE? O comentador da RTP Filipe Vasconcelos Romão situa-o na "incapacidade" do projeto europeu para estabeler laços com os cidadãos.

Estarão os nossos equipamentos comprometidos? O especialista em cibersegurança Pedro Queirós alerta para um problema "assustador".

    Em São Bento, uma fotografia denuncia a localização da Fundação Mário Soares, uma instituição de utilidade pública, cujo futuro está ainda a ser pensado.