Greve na refinaria da Galp de Leça da Palmeira com adesão de cerca de 90 por cento

| País
Greve na refinaria da Galp de Leça da Palmeira com adesão de cerca de 90 por cento

Os trabalhadores da Galp na refinaria de Leça da Palmeira estão em greve desde as 6 horas. A adesão à paralisação é de cerca de 90 por cento, à semelhança do que ocorre na refinaria de Sines.

Algumas fábricas da refinaria de Leça da Palmeira já estão paradas e noutros setores decorrem operações de paragem técnica. Diariamente saem daqui cerca de 500 camiões cisterna com combustível para postos de abastecimento, o que significa que a paralisação de cinco dias deverá deixar alguns postos sem combustível.

Numa das entradas da refinaria já foi necessária a intervenção da polícia esta manhã para que a rua ficasse circulável. É que centenas de trabalhadores de outras empresas que prestam serviço para a Galp estavam na rua à espera de saber se teriam condições para trabalhar normalmente.

(com Sandra Henriques)

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Cada um de nós tem uma história para contar e para partilhar. Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer a história de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.

    O ex-ministro da Defesa israelita Avigdor Lieberman acumulou diatribes ao longo da carreira política e nunca foge a uma polémica.

      Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

        Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.