Nova equipa da CGD contará com continuidade de Rui Vilar e mais três gestores da anterior administração

| Economia
Nova equipa da CGD contará com continuidade de Rui Vilar e mais três gestores da anterior administração

A ver: Nova equipa da CGD contará com continuidade de Rui Vilar e mais três gestores da anterior administração

Parte da nova administração da Caixa Geral de Depósitos já é conhecida. Rui Vilar, atual vice-presidente não executivo, vai passar a ser o novo presidente não executivo da Caixa.

O jornal de Negócios avança que Paulo Macedo vai levar para o banco José João Guilherme com quem trabalhou no BCP.

A administradora não-executiva será Esmeralda Dourado, antiga presidente do Interbanco.

Da equipa anterior, há três administradores que não se demitiram
e que podem manter-se na nova equipa. Tiago Ravara Marques, João Tudela Martins e Pedro Leitão.

Paulo Macedo vai ter em mãos o plano de recapitalização da Caixa. Macedo terá também de por em prática o plano de reestruturação e de negócios preparado por António Domingues.

Nesse plano está prevista a redução de 2. 500 trabalhadores.

Está também previsto o encerramento de vários balcões do banco.

As alterações têm que estar concluídas até 2020.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP disponibiliza agora uma nova aplicação: apresenta as notícias do dia em texto, vídeo e áudio, alertas de última hora e as emissões da RTP3 e Antena 1.

Em dez anos, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado 18 vezes em casos de liberdade de expressão.

    Londres é o grande centro financeiro para negócios internacionais e comércio da Europa e um dos principais centros de liderança da economia global. Corre o risco de ser desmantelada.

      É difícil eleger a ordem de importância dos assuntos que fizeram a agenda deste mês de Administração Trump, porque o novo presidente americano tem esse condão de transformar qualquer questão menor numa autêntica bomba atómica.