Números da taxa de desemprego serão disponibilizados mais cedo em 2013

| Economia

Os números do inquérito ao emprego, incluindo a taxa do desemprego, passarão a ser disponibilizados mais cedo a partir do próximo ano, de acordo com o plano de atividades do Instituto Nacional de Estatística (INE).

A taxa de desemprego (que atingiu os 15,8% da população ativa no terceiro trimestre deste ano) é calculada trimestralmente pelo INE, nos seus inquéritos ao emprego.

Segundo uma nota do Conselho Superior de Estatística (CSE) hoje publicada, o plano de atividades do INE contempla a redução em uma semana do prazo de divulgação dos inquéritos ao emprego: de 45 para 38 dias após o final do respetivo trimestre.

Ainda segundo o CSE, o INE vai no próximo ano divulgar estimativas definitivas da população residente para Portugal por regiões e municípios, com base nos resultados dos censos de 2011. Estas estimativas poderão servir para aferir a dimensão dos fluxos migratórios para fora de Portugal.

O CSE anunciou também que vai propor ao Governo a revisão da atual lei do Sistema Estatístico Nacional, de forma a incluir "novas disposições a nível europeu e nacional" com vista ao reforço "da autonomia e independência técnica do sistema".

Tópicos:

CSE, Estatístico,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.