Olli Rhen acusa Governo de Sócrates de "reação tardia" à crise económica

| Economia
Olli Rhen acusa Governo de Sócrates de reação tardia à crise económica

A ver: Olli Rhen acusa Governo de Sócrates de "reação tardia" à crise económica

Bruxelas acusa o anterior governo de José Sócrates de ter reagido tarde de mais à crise. Olli Rehn diz que Portugal só pediu o resgate externo quando "já estava encostado à parede". Esta a resposta do vice-presidente da comissão europeia a perguntas de deputados socialistas sobre quais os custos para Portugal da reacção tardia da União europeia.

 
Olli Rehn negou qualquer atraso de Bruxelas, dizendo que houve, sim, "uma reacção nacional tardia do governo anterior".  Assegura ainda que discutiu o resgate com Teixeira dos Santos, cerca de um ano antes do pedido oficial de ajuda pois "a situação económica de Portugal estava a ficar cada vez mais fraca".  O comissário europeu considerou ainda que o atraso no pedido de ajuda conduziu a um "processo de ajustamento doloroso" e salientou que não havia outra escolha para Portugal porque "na ausência de um programa, as consequências sociais teriam sido ainda muito mais duras".

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.