OPEP chegou a acordo para limitar produção de petróleo

| Economia

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) anunciou hoje que alcançou um acordo para reduzir a sua produção em 1,2 milhões de barris por dia, limitando-a a 32,5 milhões de barris diários.

"Conseguimos alcançar um acordo", declarou o ministro da Energia do Qatar, Mohammed Saleh al-Sada, que preside à conferência da OPEP, após uma reunião dos 14 países do cartel em Viena.

Paralelamente, a Rússia "comprometeu-se a reduzir em 300 mil barris" a sua produção, ou seja, metade da redução pedida aos países que não fazem parte da OPEP, acrescentou.

A redução da produção da OPEP será "de 1,2 milhões de barris por dia, para um limite de 32,5 milhões de barris por dia", precisou o ministro, explicando que o acordo tem efeitos a partir de "1 de janeiro de 2017".

Os países da OPEP têm feito várias diligências nos últimos dois meses para alcançar um acordo sobre as modalidades de redução da produção, com o objetivo de aumentar os preços, numa altura em que existe um excesso de oferta.

 

 

Tópicos:

OPEP, Qatar Mohammed Saleh,

A informação mais vista

+ Em Foco

Nasceu em 1951 aquele que é conhecido como o primeiro centro comercial em Portugal.

    A curda Mina Jaf é diretora da Women Refugee Route e trabalha com a ONU. Diz que quer mostrar às refugiadas que têm de sair das tendas dos campos e contar a violência de que são alvo.

      Um velho enigma pode estar explicado: por que continua a ilha de Santa Maria a erguer-se acima do nível do mar? Ricardo Ramalho resume para o RTP online a investigação mais recente sobre o tema.

        Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Emitida todas as segundas-feiras.