Pingo Doce vai deixar de aceitar pagamentos por multibanco inferiores a 20 euros

| País
Pingo Doce vai deixar de aceitar pagamentos por multibanco inferiores a 20 euros

A medida estende-se também aos cartões de crédito e será aplicada já a partir do próximo dia 1 de setembro. A empresa indica que vai obter uma poupança anual superior a cinco milhões de euros. João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, revelou à Antena 1, que esta decisão pode estender-se a outras superfícies comerciais e também ao comércio em geral, já que as taxas de utilização de multibanco que as entidades bancárias cobram são muito elevadas e numa altura em que o consumo diminuiu substancialmente é preciso rever as despesas.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    João Guerreiro, presidente da comissão que elaborou o relatório sobre Pedrógão Grande, enumera responsabilidades "momentâneas" e "estruturais".

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.